Um grupo de muçulmanos árabes que estavam perseguindo os cristãos disse que uma tempestade de poeira se formou de repente na estrada, forçando-os a parar a perseguição, quando Jesus apareceu a eles e falou com uma “poderosa voz”.

Haroon (não seu verdadeiro nome) disse que ele e outros 19 militantes islâmicos foram informados de que um grupo de cristãos estaria realizando um serviço de batismo. Eles entraram em seus veículos e correram para o local com a intenção de matar todos ali.

Sua finalidade, disse Haroon, foi para instilar o medo entre os cristãos ao redor do mundo e fazê-los parar  de compartilhar a boa notícia para os muçulmanos em seu país, de acordo com Bibles For Mideast.

No entanto, quando chegaram, viram que os cristãos estavam saindo. Eles já estavam no ônibus e no caminho de volta para a igreja.

Em vez de desistir da perseguição, os militantes perseguiram o ônibus e começaram a disparar contra ele.

Rizwan, que estava entre os batizados naquele dia no Mar da Arábia, contou como todos no ônibus pensaram que iriam morrer naquele dia.

“Talvez fosse o plano dos militantes matar-nos no mar durante o serviço de batismo. Mas de alguma forma nós terminamos o nosso culto mais cedo e estávamos voltando “, ele disse.

Quando o motorista de ônibus aumentou a velocidade, os militantes também dirigiram mais rápido e continuaram a atirar neles, disse Rizwan.

Então, sem aviso, formou-se uma grande tempestade de areia “em poucos segundos” e ocultou o ônibus da vista dos militantes.

Rizwan disse que eles sentiram como se o próprio Jesus apareceu na tempestade de poeira para bloquear a estrada e protegê-los dos militantes, que finalmente parou de perseguir e atirar neles. Todos louvaram a Deus e voltaram para a igreja com segurança.

O que eles não sabiam era que Jesus apareceu aos militantes.

Haroon disse que a tempestade de poeira continuava, os militantes tiveram que parar seus veículos porque não podiam ver nada.

“Não conseguimos avançar”, disse ele. “Todos nós descemos de nossos carros e continuamos disparando através da tempestade de poeira.”

De repente, Jesus apareceu na tempestade de poeira. Haroon disse que Ele parecia “irritado” e que seus olhos “eram como fogo ardente“.

“Por que você me persegue; é difícil para você recalcitrar contra os aguilhões”, Jesus disse a eles em uma voz poderosa.

Sua voz era tão poderosa que quando ele falou, um vento forte literalmente varreu os militantes aos seus pés e soprou suas armas a distância. Haroon disse que a coisa toda era uma “experiência terrível”.

Enquanto lutavam para se levantarem, perceberam que não podiam falar. Eles sentiram medo, mas eles sentiram a paz, ao mesmo tempo, uma experiência que foi totalmente nova para todos eles.

Haroon disse que Jesus lhes disse que ele “veio ao mundo para não destruir ninguém; Mas para salvar “, e Ele lhes disse para “Vá em paz. Então ele desapareceu, e a tempestade de poeira também desapareceu.

Todos eles, exceto dois, louvaram a Deus, mas discutiram entre si se o que eles viam era de Deus ou não.

Após o incidente, o grupo de Haroon não era mais atribuído a “atividades militantes”.

Embora a experiência o tenha feito curioso sobre Jesus, Haroon não colocou sua fé em Cristo até poucos dias depois, quando sua família estava em torno de uma fogueira no deserto. Uma serpente mortal mordeu sua irmã Hajira . Quando ela foi levada ao hospital, os médicos disseram que ela iria morrer.

Enquanto Hajira estava dormindo, um anjo apareceu a ela e lhe disse sobre Jesus, “o Salvador e o Curador“. Ela compartilhou a história com Haroon quando ela acordou, e eles oraram e pediram a Jesus para salvá-los.

Ambos ficaram surpresos quando o Pastor Paul do ministério Bíblias para o Oriente Médio, que estava entre o grupo de cristãos que Haroon e os outros militantes queriam matar, entrou no quarto. Ele disse que um anjo lhe disse para visitá-los e até mesmo lhe deu seus nomes.

O Pastor Paul compartilhou o evangelho com eles, e Haroon e sua irmã confessaram seus pecados e deram suas vidas a Cristo. O pastor Paul também orou por Hajira, que estava completamente curada da mordida de cobra.

Quando seu pai soube sobre o que aconteceu com Hajira, ele também entregou sua vida a Jesus. Não só a família inteira de Haroon foi salva; 17 dos militantes em seu grupo também foram salvos.

Portal Padom

Deixe sua opinião

WhatsApp
Entre e receba as notícias e artigos do dia