IURD é condenada por agredir fiel quando estava tendo ataque epilético

0
195

A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), de Sumaré, foi condenada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), a pagar R$ 10 mil de indenização para Alcione Saturnino dos Santos, por ser agredido por pastores enquanto sofria ataque epilético no culto.

A agressão aconteceu em 2001, durante um culto o fiel começou a sentir-se mal, e avisa os pastores e quando vai ao fundo da igreja para tomar remédios. Foi neste momento que os pastores, teriam agredido Saturnino com socos dizendo que ele estava “possuído pelos espíritos das trevas”.

A Justiça condenou a Igreja em primeira instancia, no entanto a denominação não se defendeu das acusações durante o prazo estipulado. A Igreja Universal recorreu da decisão alegando cerceamento de defesa.

No entanto os desembargadores da Justiça foram unanimes ao manter a condenção por entender que não houve impedimento de defesa, pois ao ser intimada a igreja não se defendeu no prazo legal.

A UOL procurou a assessoria de imprensa da igreja, mas ninguém quis se manifestar sobre a decisão do TJSP.

Portal Padom

Com informações UOL

Deixe sua opinião

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui