David Shoshan, um morador da cidade israelense de Haiufa, processou Deus, exigindo a emissão de uma ordem de restrição contra o Todo-Poderoso por ter sido especialmente cruel com ele nos últimos anos, segundo a The Times of Isfrael. No entanto, o homem não especificou diante do tribunal como se manifestou a atitude negativa do réu.

Deus não se apresentou para a sessão e o juiz negou a petição, indicando que Shoshan, precisava de ajuda de outras instituições e não de um tribunal.

O homem tinha passado três anos tentando obter a ordem de restrição da polícia, que por sua vez, apenas mandou uma patrulha em sua casa em dez ocasiões.

Tem louco para tudo não é mesmo?

Portal Padom

Deixe sua opinião