Irão: Autoridades detêm alegados “adoradores de Satanás” que bebiam o próprio sangue

1
92

As forças de segurança iranianas afirmam ter desmantelado uma seita de “adoradores de Satanás” que, ao que parece, bebiam o próprio sangue, informou segunda-feira a imprensa local.
Segundo a agência noticiosa iraniana Mehr, a operação realizou-se há dias na cidade meridional de Shiraz e levou à detenção de 104 pessoas, às quais foi apreendida uma grande quantidade de droga e de bebidas alcoólicas.“Fazer um corte na pele e beber o próprio sangue era uma das práticas indecentes do grupo”, informa a agência Mehr, citando o comandante do Corpo de Elite da Guarda Revolucionária em Shiraz, o coronel Abbas Hamedi.
Além disso, “promoviam uma conduta irreverente e contrária à religião”, explicou o militar, acrescentando que os presumíveis adoradores do diabo estavam a ser investigados há um ano.
O Irão é, oficialmente, uma república islâmica e dispõe de um corpo especial incumbido de vigiar o respeito pela moral e bons costumes, sendo o consumo de álcool punido com vergastadas e o de drogas com a forca.

Lusa/www.padom.com

Deixe sua opinião

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui