Casais – A Intimidade no casamento resume-se em satisfazer e suprir os desejos do seu cônjuge. A primeira coisa que precisamos compreender sobre a intimidade no casamento é que ele nos foi dado por Deus como presente e por isso deve ser desfrutado.

“Provai e vede que o Senhor é bom; bem-aventurado o homem que nEle confia” Salmos 34:8
Baseado nisso, sabemos que tudo que Deus faz é bom. Se Ele lhe deu esse homem ou essa mulher que está com você, é porque o seu casamento é para ser bom. Você não deve se contentar com um casamento mais ou menos. Essa não é a proposta de Deus para nós. A proposta do Senhor para nós é um casamento maravilhoso e prazeroso. A vontade de Deus é que possamos desfrutar nosso casamento em intimidade, prazr, alegria. O casamento é algo espiritual, porque nos fala de propósito: Cremos que Deus nos fez um para o outro. Mas o casamento também é algo natural, porque se refere a atitudes práticas que devemos ter todos os dias. Como esposas precisamos entender que fomos criadas e unidas ao nosso cônjuge para suprir suas necessidades.

Quais necessidades temos como homem e mulher?

A necessidade da atenção, de companhia, de prazer, intimidade, sexo. Deus criou o homem e a mulher para suprirem um ao outro.

“Homens são atraídos pelo que veem e mulheres são atraídas pelo que ouvem e sentem”

Para que haja uma verdadeira intimidade no casamento, nós precisamos considerar duas coisas muito importantes. A primeira é que foi comprovado que a maioria dos homens são atraídos pelo que veem, e a maioria das mulheres, por aquilo que ouvem e sentem. Baseado nesse dado, as mulheres precisam considerar o fato de que a sua aparência tem um grande peso no relacionamento. Não quero que pense que estou falando da beleza de uma atriz de Hollywood, mas do cuidado que cada um de nós deve ter consigo mesmo. A palavra de Deus diz que o homem não foi feito da mulher do homem e também o homem não foi criado por causa da mulher e sim a mulher por causa do homem. Quando você se casou, deu uma palavra no altar, comprometendo-se exclusivamente para o seu marido ou esposa. Precisamos nos lembrar disso. Quando eu me empenhei, através de uma paalvra, em me manter exclusivamente para o meu marido, eu estava me empenhando também em me manter exclusivamente para suprí-lo e satisfazê-lo, e isso tem muitas implicações.

Se a mulher foi criada por causa do homem e isso implica em satisfazê-lo e se nesse processo, ele é atraído pelo que vê, ela deve realmente considerar esse ponto de se cuidar.
…não teme a neve na sua casa, porque toda a sua família está vestida de escarlata. Faz para si cobertas de tapeçaria; seu vestido é seda de púrpura” (Prov. 31:21-22) Este texto fala de uma mulher virtuosa. Esta mulher não teme a neve, é uma mulher de fé, ela se veste de lã escarlate, linho fino e púrpura. Isso fala de mulheres que se importam em se arrumar, andar bem vestidas. O grande problema hoje é que muitas mulheres se arrumam e passam maquiagem e perfume até o casamento e depois de alguns anos, se acomodam. Andam com unhas sujas, não compram roupas, não se preocupam em se arrumar e investir na sua aparência. Homem gosta de mulher cheirosa e bem-arrumada. Não se preocupe com coisas caras. Hoje a estética está em alta. Temos muitos produtos que nos ajudam a ficar bonitas que não são tão caros assim. Você deve andar de acordo com a sua condição, mas você deve se arrumar, porque esse é o exemplo da Bíblia para nós.

Nós não devemos cuidar apenas da saúde do nosso corpo, mas da aparência no que se refere ao cuidado de não engordar, por exemplo. Se for preciso, faça uma dieta. Quando você adquirir muito peso, é bom perder logo. Quanto mais peso tem, mais difícil para perder. Se você cuidar do seu corpo com dieta e ginástica, você perde peso sem precisar de cirurgia. São medidas muito práticas e simples, mas que tem um resultado importante. O metabolismo da mulher muda a medida que ela vai ficando mais velha, o metabolismo fica mais lento, então ela pode adquirir peso com mais facilidade. O casamento tem um lado que é físico, que é a aparência e isso faz toda diferença no relacionamento.

O PAPEL DA ESPOSA
A segunda coisa importante é o papel que a esposa deve cumprir, a prática prazerosa que devemos considerar. “E eis que uma mulher lhe saiu ao encontro com enfeites de prostituta e astúcia de coração” Prov7:10. Aqui fala do desempenho e da disposição de uma prostituta quando ela vai atrás de um homem para satisfazê-lo”Já cobri a minha cama com cobertas de tapeçaria, com obras lavradas, com linho fino do Egito. Já perfumei o meu leito com mirra, aloés e canela. Vem, saciemo-nos de amores até a manhã; alegremo-nos com amores. Assim, o seduziu com palavras muito suaves e o persuadiu com as lisonjas dos seus lábios. E ele logo a segue, como o boi que vai para o amtadouro e como vai o insensato para o castigo das prisões.” Prov 7:16-18,21-22
Nesses versículos, a Bíblia fala do desempenho da prostituta para tragar um homem. Ela cobre a cama de colcha de linho fino e passa perfume na cama. Muitas vezes nós vemos isso aqui como o desempenho de uma prostituta. Mas por que não vemos esse desempenho às vezes em algumas esposas? Porque algumas mulheres não tem o interesse de se preparar e arrumar a cama para o seu marido. Acham que não é necessário, acomodam-se e muitas vezes tem preguiça. Será que temos investido no nosso casamento? Muitos casamentos infelizmente acabam porque os maridos são atraídos por outras mulheres que são mais atraentes. A adúltera tem os seus olhos para atrair o homem a cair no pecado e tomar sua vida preciosa, Ela quer tomar o homem que já é casado. Temos que tomar cuidado, porque existem alguém querendo destruir o nosso casamento e essa pessoa é o diabo. Ele usa pessoas para fazer isso.

“Goza a vida com a mulher que amas, todos os dias da tua vida vã, os quais Deus te deu debaixo do sol, todos os dias da tua vaidade, porque esta é a tua porção nesta vida e no teu trabalho, que tu fizeste debaixo do sol” Ec 9:9. Aqui Deus dá uma ordem ao homem para gozar sua vida com a mulher que ama.

“Não vos priveis um ao outro, senão por consentimento mútuo por algum tempo, para vos aplicardes a jejum e oração; e depois ajuntai-vos outra vez, para que Satanás não vos tente pela vossa incontinência” I Cor.7:3-5. Não devemos negar o nosso corpo ao nosso cônjuge. Muitas irmãs usam desculpas de estarem cansadas. Entregue seu corpo ao seu marido, porque foi Deus quem determinou que fosse assim. Somente por um motivo você deve se privar, quando vocês resolverem que vão se dedicar a oração e a um período de jejum, mas por um pequeno prazo. Muitas vezes o marido traia a esposa, porque ela nunca está disponível. Não devemos nos privar e sim suprir a necessidade um do outro. O espírito da sensualidade está em todos os lugares. Não devemos ficar de braços cruzados. Temos que investir no nosso casamento de maneira prática e investir na nossa vida conjugal na maneira de nos vestirmos. Compre lingerie. Jogue aquela roupa rasgada fora. A intimidade não começa no quarto, ela combina com o que acontece no quarto. Por isso devemos investir no nosso casamento. Assim vamos desfrutar o melhor de Deus para nós.

Marília Pedrosa
Pastora da Videira em Goiânia (GO)

Deixe sua opinião