Índios aceitam a Jesus e são expulsos de suas tribos

Noticias Gospel Sete famílias cristãs da comunidade indígena de Arhuaco, em Santa Marta, na Colômbia, forma expulsas de suas terras por se negarem em renunciar a sua fé em Jesus Cristo.

Estas famílias chegaram a um local não revelado, onde vivem outras 23 famílias desabrigadas, que também foram expulsas de suas terras em 2011 por escolherem em aceitar a Cristo como o seu Salvador.

Entre as 30 famílias são cerca de 300 pessoas, incluindo 150 crianças, 20 adultos e 10 mulheres que foram abandonadas por seus maridos quando se tornaram seguidoras de Jesus. Todas as pessoas estão recebendo atendimento médico, de acordo com o ministério cristão Portas Abertas dos Estados Unidos.

Índios aceitam a Jesus e são expulsos de suas tribos Uma mulher da comunidade, disse que as autoridades estão pressionando os jovens a renunciar à sua fé em Jesus em troca de dinheiro. “Por favor, orem para os cristãos na comunidade Arhuaca; que a nossa fé seja fortalecida e que Deus nos proteja.”

Essas famílias são pessoas que falam a língua indígena chibchan e são descendentes da cultura Tairona, concentrada no norte da Colômbia na Serra Nevada de Santa Marta.

Portal Padom

Deixe sua opinião

Leia também!  Juiz proíbe entrada de missionários em tribo indígena no Vale do Javari, para conter o coronavírus