terremoto-italiaA Federação das Igrejas Evangélicas da Itália (FCEI) lançou uma coleta para arrecadar fundos destinados a ajudar as vítimas do terremoto de 5,8 graus na escala Richter que devastou partes da região de Abruzzo, centro da Itália, na última segunda-feira.“A população de Abruzzo, tão duramente atingida por esta catástrofe, está no centro das nossas orações, dirigidas especialmente àqueles que perderam seus parentes”, declarou o presidente da FCEI, Domenico Maselli.
O representante da instituição informou também que as igrejas protestantes “estendem sua solidariedade às milhares de pessoas que nestas horas dramáticas estão levando socorro e prestando assistência aos feridos e aos sobreviventes”.
Os fundos arrecadados serão enviados aos projetos de ajuda humanitária das próprias igrejas, que serão responsáveis por fazer a ajuda chegar às vítimas do tremor de terra. A FCEI é intergrada, entre outras, pelas igrejas Luterana, Metodista e Batista.
Até o momento, o terremoto causou a morte de 260 pessoas e deixou outras mil feridas, segundo informou o premier italiano, Silvio Berlusconi. Em algumas cidades, como Onna, até 90% das construções desmoronaram e as mortes somam mais de 10% da população.

ANSA

Deixe sua opinião

Leia também!  Filha de pastor é impedida de cantar em evento na Itália por ser negra