Denominação evangélica possui um programa especial para ajudar dependentes de drogas e também portadores de qualquer tipo de compulsão a abandonarem o vício
Em princípio, o nome soa um pouco estranho e diferente, porém, o que pode parecer algo fora do comum nada mais é que uma igreja evangélica, que prega a salvação somente por meio de Jesus Cristo. A Igreja Bola de Neve reú-ne, em sua maioria, jovens que, cansados de serem iludidos pelas coisas do mundo, decidiram buscar um caminho por meio da fé no Evangelho.Em Mogi das Cruzes, funciona um dos dois templos da Bola de Neve no Alto Tietê (o outro fica em Poá). Além dos cultos convencionais, com pregação da Palavra de Deus, a igreja possui um programa para resgatar e recuperar jovens das drogas, do álcool e de qualquer outro tipo de vício (jogo, cigarro, comer muito, gastar demais, entre outros).
Nestas reuniões, realizadas em Mogi sempre às segundas-feiras, o objetivo é auxiliar pessoas que querem abandonar a dependência. Denominado de Ministério Nova Vida, o trabalho também é estendido aos familiares dos dependentes. Em Mogi, o ministério existe desde o início das atividades na cidade, em 2004, e possui um grupo de 15 pessoas sendo assistidas.
O pastor da Igreja Bola de Neve em Mogi, Tasso Milanello Barreira, conta que, nas reuniões, os participantes são confrontados a tomar cinco atitudes em relação ao problema: admitir, acreditar, entregar, partilhar e reparar.
“Todo o nosso trabalho é baseado na Bíblia. Tratamos do problema do corpo, da alma e do espírito. O caráter da pessoa que se entregou ao vício, seja em drogas, Internet ou álcool, precisa ser renovado. E somente o Espírito Santo de Deus pode promover esta renovação”, destaca o pastor, que é médico anestesista.
Segundo ele, um dos grandes desafios do ministério é fazer com que os integrantes permaneçam sem o vício. “Atuamos na causa do problema. A compulsão que a pessoa adquire é uma consequência. Ela tem dificuldade em enfrentar as pressões que surgem na vida e busca refúgio em coisas que vão lhe dar prazer, seja em comida, seja gastar no shopping ou até mesmo nas drogas. O resultado é que ela se torna escrava do seu próprio gosto”, explica.
Outro ponto fundamental, segundo Tasso, é fazer um acompanhamento também com os familiares e pessoas próximas ao dependente.
“Muitas vezes, a família acoberta o problema, dando todo o respaldo para que o compulsivo continue mergulhado nos seus prazeres. Isso é tudo que ele precisa para continuar. É aí que reside o perigo, pois ele encontra o respaldo na sua própria casa”, alerta o pastor.
O programa oferecido pela igreja é gratuito. “Nós cobramos apenas compromisso”, diz o pastor. Não é preciso ser evangélico para participar das reuniões.

Igreja Bola de Neve
Avenida Francisco Rodrigues Filho, 347, bairro Mogilar, em Mogi das Cruzes (em frente ao supermercado Maktub). No mesmo local funciona o Ministério Nova Vida, às segundas-feiras, às 20 horas. Mais informações: 2598-9870

moginews/padom

Deixe sua opinião