O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, que no ano de 2009 rompeu relações diplomáticas com Israel, a fim de fazer uma aliança estratégica com o Irã, não viu isso como um impedimento para que ele recentemente firmasse um acordo com uma empresa israelense para construir um moshav “assentamento, vila”, de estilo israelense, na Venezuela.

O moshav será construída perto da costa do Caribe da Venezuela cerca de 95 quilometros da capital de Caracas.

A construção será realizada por AlefBet Planners LTD, uma das maiores empresas e com experiência em arquitetura em Israel.

Apesar das tensões diplomáticas com Israel, a Venezuela se encantou com o modelo israelense, e decidiu financiar um projeto do governo em que poderá fazer aldeias construídas a um custo de 400 milhões de dólares cada uma. No entanto a AlefBet Planners LTD, não é a única empresa israelense que se beneficiará com o contrato.

A “aldeia israelense” será composta de 500 unidades habitacionais, instalações educacionais, uma fazenda completa com de produção de leite, pastagens, e tratamento de água e esgoto.

Kobi Bogin, gerente geral da Planners AlefBet, explicou ao site Israel Today que: “Na Venezuela nós vamos colocar em prática os conhecimentos de Israel sobre a construção de vilas e kibutzim. As dificuldades encontradas durante o projeto vai nos permitir superar as diferenças culturais que dividem Venezuela e Israel. “

Portal Padom

Deixe sua opinião