Depois de escalar as montanhas no Colorado e na Geórgia, o  americano Kyle Maynard, 25 anos, que sofre de amputação congênita, pretende escalar em janeiro de 2012, o monte mais alto da África, o  Kilimanjaro, na Tanzânia, numa altitude de 5895 metros, com ‘ajuda de Deus’.

As deficiências físicas, não impediram que Kilimanjaro praticasse esportes como lutas, artes marciais, além de se tornar escritor e um palestrante conhecido em todo o mundo.

Quando subir Maynard Kilimanjaro, ele será a companhado por uma equipe de nove pessoas, incluindo um cinegrafista, um guia e três veteranos que sofreram traumas físicos e psicológicos durante a guerra.

Kilimanjaro pretende escalar sozinho sem receber ajuda de ninguém, durante os 16 dias em que estará escalando o monte, e se alcançar o seu objetivo ele se tornará a primeira pessoa com amputação congênita a subir o Monte.

Sobre essa façanha, ele diz que: “Não há nenhum obstáculo suficientemente grande que não posse ser alcançado se você tiver fé em Deus. Em vez de reclamar sobre as coisas que nos aconteceu, é melhor compreender que há uma vida para viver e que Deus está sempre conosco. Eu só quero enviar uma mensagem para o povo, levante-se na fé e faça algo “, Maynard disse em uma entrevista de televisão nos Estados Unidos.

Maynard tem improvisado diferentes tipos de equipamentos, com pedaços de câmara de ar de bicicletas, ele tem colocado nas extremidades de seus braços e pernas, tem reforçado as mangas da camisa, e colocado fita adesiva especial em sua roupa.

O grupo começou a arrecadar fundos para a expedição através de um Web site em: www.missionkilimanjaro.com

Fonte: Portal Padom

Deixe sua opinião