Homem sacrifica sua própria filha de 4 anos para “agradar a Deus”

Um homem indiano cortou a garganta de sua própria filha, quando o crime foi descoberto, tentou fingir que um gato a matara.

0
503

Um homem de 26 anos foi preso no sábado na Índia por assassinar sua filha de quatro anos como uma “oferta de sacrifício” para “agradar a Deus”, segundo o jornal Times of India, citando palavras da polícia.

O incidente ocorreu em Jodhpur (estado de Rajasthan) na quinta-feira durante o mês sagrado do Ramadã, quando o pai, identificado como Nawab Ali Qureshi, comprou alguns doces para sua filha Rizwana, que estava na casa de sua avó para convencê-la a voltar para casa.

Tarde da noite, Qureshi levou a menina a um quarto, citou versos do Alcorão e cortou sua garganta. Então ele voltou a dormir, de acordo com um oficial.

A esposa de Qureshi acordou de madrugada e encontrou o corpo sem vida de sua filha. As autoridades registraram a cena do crime e a pessoa responsável foi interrogada. No início, de acordo com a polícia, “ele tentou convencer sua família de que um gato poderia ter matado Rizwana”, mas finalmente confessou o assassinato.

“Eu amo a minha filha mais do que a minha própria vida, eu ofereci a ela como um sacrifício”, foram as palavras do acusado de acordo com a polícia.

Deixe sua opinião

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui