Um homem da cidade americana de Le Marque, no condado de Galveston (Texas), gravou um vídeo dirigido a seus filhos onde se desculpa e diz que os ama, pouco antes de atirar e assassinar sua esposa, por infidelidade.

Na gravação, divulgada nesta quarta-feira pela imprensa local, Trent Paschal, 48 anos, garante que decidiu cometer o crime porque sua companheira, “18 anos mais jovem”, lhe foi infiel.

Eu não escolhi isso, sua mãe escolheu. Ela está me traindo há muito tempo”, diz Paschal no vídeo, onde insiste que tem provas da traição e argumenta que nunca bateu, machucou ou insultou a cônjuge. 

Aparentemente triste e chateado, o sujeito às vezes soluça enquanto se desculpa e deseja o melhor a seus filhos. Depois de se dirigir aos pais e agradecer a eles por sua proteção e cuidado, ele de repente se levanta de onde está e parece tentar se esconder de alguém. No material audiovisual ouve-se o que se presume ser uma cortina de chuveiro correndo.

De acordo com registros judiciais compartilhados pelo portal  Click2Houston, em 21 de outubro Paschal se escondeu no banheiro principal de sua casa pouco antes de sua esposa, Savannah, e sua mãe chegarem. A sogra de Trent afirma que seu genro “pulou do chuveiro” e “disse que ia atirar em nós duas“. Os investigadores detalham que Savannah, 30, foi baleada duas vezes no estômago, enquanto sua mãe conseguiu escapar. A polícia encontrou a vítima no chão de um quarto, que mais tarde morreu em um hospital.

Trent Paschal fugiu do local em um veículo e acabou sendo pego por um oficial do condado de Harris, que atirou nele várias vezes depois que ele se recusou a abaixar a arma enquanto tentava detê-lo. O sujeito, que está em estado crítico, foi hospitalizado e será enviado de volta a Galveston para julgamento quando seu estado de saúde permitir. Paschal tem várias acusações de roubo em seu registro, mas não há indícios de violência.

Homem grava vídeo aos filhos pedindo perdão, e mata a esposa por infidelidade
Homem grava vídeo aos filhos pedindo perdão, e mata a esposa por infidelidade

Vizinho de homem que matou a esposa por infidelidade, diz que tem orado pela família deles

“Temos orado todos os dias, quero dizer, somos pessoas de oração e estamos orando por sua família”, disse o vizinho Donald Riddick a  Click2houston.

Riddick e sua família vivem do outro lado da rua dos Paschals na subdivisão de Painted Meadows. Ele disse que conhecia bem a família.

“Cara, é apenas uma grande surpresa, para mim”, disse ele. “Eu nunca os tinha visto discutindo.”

No entanto, Riddick disse que isso mudou na manhã de quarta-feira, horas antes do crime, quando o casal foi visto discutindo. Riddick disse que Trent Paschal saiu de casa.

“Savannah foi à casa do vizinho para pedir ajuda”, disse Riddick.

Estamos orando para que Trent se recupere para que possa pagar pelo que fez”, disse Riddick.

Deixe sua opinião