Um caso curioso tem chamado a atenção da imprensa esta semana. É a história de um cidadão que mora em Uganda, na África.

Charles Obong, faleceu em dezembro do ano passado, e foi enterrado em um caixão metálico, junto com seus restos mortais sua esposa colocou dentro do caixão, 55 mil dólares, aproximadamente 172 mil reais.

Ele já havia instruído sua esposa a enterra-lo quando morresse, com essa quantia de dinheiro, com o objetivo de agradar a Deus na hora do ‘julgamento final’.

Segundo o site Africa News, Obong acreditava que poderia pagar a Deus para que seus pecados sejam perdoados quando ele morresse. No entanto, Obongo q     ue era funcionário do ministério do Serviço Público de Uganda por dez anos, não revelou quais pecados ele deseja pagar.

Sua esposa até que cumpriu o seu desejo, mas o problema é que seus familiares resolveram pegar todo o dinheiro quando o corpo foi exumado neste mês. Cada coisa não é mesmo? Kkkk

Portal Padom

Deixe sua opinião