idoso vacinado covid-19 israel
Um trabalhador de saúde vacina um homem idoso contra COVID-19 em Jerusalém em 21 de dezembro de 2020. - imagem ilustrativa

Covid-19Um homem de 88 anos foi levado as pressas na noite da última terça-feira para o pronto-socorro do Hospital Hadassah Ein Kerem em Jerusalém, após desmaiar dentro de sua casa.

Apesar dos esforços dos médicos para ressuscitá-lo, que foram continuados pelos médicos do pronto-socorro e pela equipe de medicina interna, a vítima foi declarada morta pela equipe médica do hospital.

O hospital confirmou ao INN que o idoso foi de fato vacinado com primeira dose da vacina Pfizer-BioNTech na tarde de terça-feira, mas enfatizou que “ele já sofria de alguns problemas complexos e graves de saúde”.

Esta é a segunda suposta morte relacionada à vacina corona em dois dias em Israel. Na segunda-feira, um homem de 75 anos da cidade israelense de Beit Shaan, no norte do país, também morreu de ataque cardíaco apenas duas horas depois de receber a vacina da Pfizer na segunda-feira, conforme noticiamos aqui.

O sangue será um sinal para indicar as casas em que vocês estiverem; quando eu vir o sangue, passarei adiante. A praga de destrui­ção não os atingirá quando eu ferir o Egito.” – Êxodo 12:13

Deixe sua opinião