JUNTE-SE AO NOSSO GRUPO no Telegram ou WhatsApp. Oferecemos o que há de mais relevante em notícias e conteúdo cristão 🤗

happy-family
Tradições e costumes geralmente são herdados e refletidos
“Portanto, deixará o varão seu pai e a sua mãe e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma só carne”. (Gn 2.24)
Deixar pai e mãe não é tarefa tão fácil como se imagina, somos fruto do nosso ambiente familiar, a maneira que os pais tratam os filhos reflete diretamente na vida de cada indivíduo.
Geralmente o primeiro relacionamento que você conheceu, ou seja, do seu pai com sua mãe, vai se refletir mais tarde, principalmente na maneira que você trata seu cônjuge. A mulher tende a se comportar como a mãe tratava o pai e o homem vice-versa.
As tradições familiares, os costumes geralmente são herdados e refletidos mais tarde no casamento e no modo de criar os filhos. “Provérbios de Salomão.
Um filho sábio alegra a seu pai; mas um filho insensato é a tristeza de sua mãe”. (Pv 10.1)
Muitas vezes em situações inusitadas, você vai se observar agindo com seus filhos e cônjuge, como o seu pai ou como a sua mãe, mesmo porque este é o referencial que você teve deeducação. Por isso mesmo, por ser a primeira célula da sociedade, a família influi diretamente na formação do caráter e personalidade dos indivíduos e deve ser preservada.
“O homem de bem deixa uma herança aos filhos de seus filhos; a riqueza do pecador, porém, é reservada para o justo”. (Pv 13.22). Pais separados, super-protetores, repressores ou que brigam muito, com certeza vão deixar uma certa herança conseqüente disso no comportamento de seus filhos.
Devido a anos de convivência estes comportamentos são introjetados, mesmo que inconscientemente, isso ocorre porque a família é o primeiro referencial humano e será o único, até que o indivíduo tenha suas próprias experiências.
É algo que não se pode evitar, por isso a família e os costumes familiares, de igual modo a educação passada pela família é de extrema importância para a construção de pessoas emocionalmente sadias amanhã. Infelizmente hoje em dia vivemos uma decadência dos valores familiares, vemos famílias destruídas ou que abrigam mágoas e ressentimentos em seu meio. Homens fora de seus papéis e mulheres também (Ef 5.22-33).
Quando Deus idealizou a família ele tinha um projeto perfeito(Gn 2.18-24), isso precisa ser resgatado, pois tudo isso refletirá mais tarde em nossas crianças. Mas por isso também é muito importante conhecer bem a família de seu futuro marido, para testar a compatibilidade e aceitação, caso contrário poderá ser motivo de divergências no casamento.
Contudo, caso já existam conflitos, não é impossível mudar estes hábitos, isso se faz através de reconhecimento dos mesmo e muito autocontrole. Na Bíblia temos o exemplo de Rute, que apesar de ter ficado viúva, não quis voltar aos seus parentes, adotando os usos, costumes e o Deus de sua sogra Noemi (Rt 1.16), abandonando os seus e foi recompensada por isso.
Esse ato pode denotar além da visão e provavelmente experiência profunda de Rute com um Deus verdadeiro, capaz de mudar todo nosso interior, quanto pode denotar uma submissão tal ao seu marido, que mesmo depois de sua morte ela preservou seus costumes.
Mas tomemos esse exemplo e se algo na sua criação faz com que tenha conflitos com seu esposo, examine-se a si mesma edetermine a sua mudança, com a ajuda deste Deus todo poderoso. Tome cuidado com os seus filhos, o que passa do seu relacionamento com o seu esposo para eles, porque amanhã eles poderão refletir os acontecimentos do presente.
“Porque ele estabeleceu um testemunho em Jacó, e instituiu uma lei em Israel, as quais coisas ordenou aos nossos pais que as ensinassem a seus filhos” (Sl 78.5). Tenha o cuidado de ser uma esposa conforme os mandamentos do Senhor e comece a ser luz do mundo principalmente dentro de sua casa.
“serem moderadas, castas, operosas donas de casa, bondosas,submissas a seus maridos, para que a palavra de Deus não seja blasfemada”. (Tt 2.5)
Em Cristo,

por: Miss.Adriana Fonte

Portal Padom

Deixe sua opinião