Notícias gospel – O México é um país onde a maioria de seus habitantes pertence à Igreja Católica, porém um crescimento extraordinário das igrejas evangélicas vem acontecendo no país.

6d4a7ead-ad16-437a-8e8f-cc62ff3524e0_369x274_exact_1450196712Estados onde antigamente a maioria de seus habitantes professavam a fé no catolicismo romano, agora estão se convertendo ao evangelho protestante e mudando completamente a tradição de vários locais. Os estados de Chiapas, Tabasco, Campeche, Veracruz e Tamaulipas já registraram mais da metade de seus habitantes como pertencentes a igrejas evangélicas.

O crescimento alarmante das igrejas evangélicas no México gerou um desconforto entre o governo e a igreja católica. Agora membros do governo estão dificultando o registro de igrejas junto aos órgãos de certidão, no intuito de tentar esconder o grande avanço do protestantismo no país.

Em uma entrevista, Arturo Farela, presidente da Fraternidade Nacional das Igrejas Cristãs Evangélicas, observou que milhões de mexicanos são católicos que estão frustrados e insatisfeitos espiritualmente, por isso estão migrando para outras organizações religiosas, incluindo cristão evangélico, onde são respondidas às suas preocupações.

Ele explica que as denúncias e testemunhos de abuso infantil e corrupção nas altas camadas da hierarquia trouxeram descrédito para a Igreja Católica Romana.

Os jovens constituem um dos setores que mais mudaram de religião. Muitos deles deixam a Igreja Católica de seus pais a se migraram para as igrejas evangélicas. Arturo Farela observa que mais de 50 por cento dos participantes das congregações são jovens com menos de 30 anos.

“Este cenário pressagia crescimento e geração de milhares nascidos no cristianismo evangélico”, diz ele. Mas os evangélicos não só cresceram no número de adeptos a crença, eles também são agora mais numerosos no número de ministros da religião. A Direção Geral de Assuntos Religiosos do Ministério do Interior registrou que até dezembro de 2015, cerca de 21 000 69 padres católicos foram formados, em comparação com 54 000 18 pastores de diferentes organizações evangélicas cristãs.

Leia também!  A Geórgia proíbe o aborto depois que o batimento cardíaco é detectado, reconhecendo o feto como uma pessoa singular

O México vive um grande momento espiritual.

 

André Santos

Portal Padom

 

Deixe sua opinião