JS. 1.1-3;5-7 Sucedeu, depois da morte de Moisés, servo do Senhor, que este falou a Josué, filho de Num, servidor de Moisés, dizendo: Moisés, meu servo é morto; dispõe-te, agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, à terra que eu dou aos filhos de Israel. Todo o lugar que pisar a planta do vosso pé, vo-lo tenho dado, como eu prometi a Moisés. Ninguém te poderá resistir todos os dias da tua vida; como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei, nem te desampararei. Sê forte e corajoso, porque tú farás este povo herdar a terra que, sob juramento, prometi dar a seus pais. Tão somente sê forte e mui corajoso para teres o cuidado de fazer segundo a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que sejas bem sucedido por onde quer que andares.

Depois de 430 anos no Egito, 230 de pura escravidão se levantou um faraó que não conhecia José, as coisas ficaram difíceis, a escravidão chegou, mas um dia Deus libertou seu povo com braços fortes e a mão estendida e os fez sair da terra do Egito para peregrinar por um período de tempo em meio ao deserto.

Neste ponto do deserto houve alguns desencontros esqueceram-se dos milagres de alguns meses antes (1490 a.C.) havia 4 ou 5 meses que o povo estava caminhando em meio ao deserto, mas haviam tido várias conturbações.

O povo tinha presenciado a abertura do mar vermelho, tinha visto Deus fazer milagres com aquelas pragas e todos os grandes milagres do êxodo, trouxe maná, codornizes, coluna de fogo, a nuvem, mesmo assim o povo resolveu um dia murmurar contra Deus.

Por isso vagaram pelo deserto durante 40 anos até que aquela geração morresse. Porque agora quem herdaria a terra eram os seus filhos. Moisés morre e para sucedê-lo Deus já havia preparado um homem chamado Josué, que significa DEUS É A SALVAÇÃO.

Deus está preparando uma geração de príncipes e princesas da parte Dele para conquistar e para tomar posse das bençãos prometidas.

Esta é a geração de Josué, a geração dos conquistadores. Chega de murmurar, chega de reclamar, chega de lamentar o passado. O passado é para ficar pra trás. Do passado devemos nos lembrar apenas dos milagres que Deus fez por nós, pelas bençãos alcançadas.

Deus tinha uma terra que manava leite e mel, ou seja, uma terra que supriria toda a necessidade do povo e muito mais, mas eles ficaram olhando somente para o passado, ficaram lembrando que no Egito eles tinham cebolas e pepinos.

Deus tinha muito mais do que cebolas e pepinos para eles, Deus tinha leite e mel. Tinha abundância, mas eles ficaram olhando somente para o seu passado de migalhas. Meu querido e minha querida, o nosso

O nosso Deus não é um Deus de migalhas, o nosso Deus é um Deus de abundância.

Enquanto você fica lembrando do seu passado e das suas dificuldades a tua vida fica paralisada. Deus disse para Josué: “Meu servo Moisés é morto…”, ou seja, o passado ficou para trás Josué… eu tenho coisas novas para o meu povo, Eu tenho novidade de vida para você Josué…

Quem sabe você está sofrendo porque alguém te magoou… te ofendeu… alguém não pagou uma dívida que tinha contigo… te feriu… Quem sabe você tem sido injustiçado e isto tem feito você parar…

Deus manda te dizer agora que é tempo de avançar, é tempo de ser forte e corajoso, é tempo de conquistar aquilo que Ele já te deu por herança porque ele disse que aonde pisar a planta do vosso pé Ele já te deu… A geração de Moisés morreu porque eles ficaram olhando para as cebolas e para os gigantes, eles disseram: “Moisés a terra é boa, mana leite e mel, mas tem um porém, a terra tem gigantes e nós não vamos conseguir…”

Mas dois homens, Josué e Calebe nem se lembraram das cebolas e dos pepinos, eles só olhavam para o leite e para o mel que Deus havia prometido… Eles disseram: “Moisés a terra realmente é muito boa, mana leite e mel, tem tudo do bom e do melhor… Moisés pergunta: “E os gigantes de que me falaram?”… Josué responde: “Realmente existem Moisés, são o triplo do nosso tamanho, mas nós vamos conquistar porque conosco está Um que é maior do que qualquer gigante… o seu trono está nos céus e os seus pés aqui na terra, o nosso Deus todo poderoso!”

Meus amados e amadas, não sofra mais por causa do passado, viva o presente com a esperança de um futuro melhor. Estamos chegando ao final de mais um ano e até aqui o Senhor nos ajudou.

Certamente ainda há algumas coisas na sua vida que você não conquistou, que não recebeu da parte de Deus, algo que para você é muito importante, mas com certeza não tem faltado aquilo de que você precisa, porque Jesus certamente tem te sustentado e não tem deixado te faltar nada.

O diabo quer fazer você lembrar em todo tempo do passado das coisas ruins que lá aconteceram e o intuito dele é de te paralisar. Se alguém te enganou passe por cima disso… se alguém te feriu, te magoou, te traiu, perdoe… se sente-se injustiçado, não coloque a sua mão, mas entregue nas mãos de Jesus!

Josué compreendeu o chamado de Deus e creu quando Ele disse: “Ninguém te poderá resistir todos os dias da tua vida; como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei, nem te desampararei.

Josué conduziu os filhos de Israel à terra prometida e conquistaram muitas vitórias sabe porque? Porque praticaram o versículo 7, “Tão somente sê forte e mui corajoso para teres o cuidado de fazer segundo a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que sejas bem sucedido por onde quer que andares”.

Agora fica uma pergunta: A qual geração você pertence?

A de Moisés ou a de Josué?

A dos que murmuram ou as do que avançam para o alvo?

A dos que olham para as cebolas ou para o leite e mel?

A dos que olham somente para o passado ou a dos que vivem intensamente o presente enxergando um futuro melhor?

A dos que olharam para os gigantes da terra ou a dos que olharam para Deus?

Que o Senhor te abençoe muitíssimo!

Pr. André Lepre

Deixe sua opinião