Funcionários públicos da Colômbia são proibidos de citar versículos bíblicos

0
145

Os funcionários públicos da Colômbia devem evitar mencionar passagens bíblicas no exercicio de suas funções. Isto foi pronunciado pela Corte Constitucional que apela para o principio da laicidade.

Esta decisão afeta principalmente os juízes da República, que devem abster-se claramente de fazer citações bíblicas em seus discursos, documentos oficiais ou sentenças.

O pronunciamento do tribunal Maximo colombiano se baseia na Constituição Política de 1991, que estabelece claramente que a Colômbia é um país completamente laico. Segundo a Corte, esta é uma razão suficiente para que respeitem os outros credos e religiões de pessoas que recebem tais declarações ou decisões.

“Os juízes devem administrar a justiça baseado unicamente e exclusivamente no direito, pois é esta atitude que fazem que um Estado impere a lei e nos pareceres das autoridades públicas, ou seja, o que define que um Estado governe o direito e não os homens”, diz um dos parágrafos das sentenças.

A decisão do Tribunal é devido um tribunal da cidade de Cali que apresentou em uma sentença uma citação bíblica do livro de Êxodo, em que manifestava: “Não perverterás o direito do teu pobre na sua demanda.”

Portal Padom

Traduzido e adaptado de Mundo Cristiano 

Deixe sua opinião

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui