Fiel é indenizada em R$ 7 mil por perder encontro com o Papa

1
94

Rio – A empresa de transportes Rápido Macaense foi condenada a pagar R$ 7 mil por danos morais a uma cliente por fazê-la perder o Encontro de Jovens com o Papa Bento XVI, em maio de 2007, em São Paulo. Letícia Natividade foi proibida de entrar no evento por ter chegado com seis horas de atraso, que ocorreu porque o ônibus que a transportava foi parado pela Policia Federal e foram constatadas inúmeras irregularidades.Letícia foi escolhida dentre os jovens da Paróquia de São Judas Tadeu para participar de uma excursão. O transporte saiu de Niterói às 6:15h do dia 10 de maio, com destino ao Pacaembu, local do encontro. Quando o ônibus foi parado pela polícia, ficou constatada a ausência de documentos essenciais. O juiz Jerônimo da Silveira julgou como evidente a falha na prestação de serviço.
“Por essas razões, deve ser julgado procedente o pedido de indenização por danos morais, diante do flagrante sofrimento e decepção sofridos pela autora, que perdeu um evento de grande importância em razão de sua fé, havendo ofensa aos direitos da personalidade a ensejar o dano moral alegado”, declarou na sentença.

Fonte: O Dia

Deixe sua opinião

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui