Realizada nessa segunda-feira, dia 2, a 17ª edição da Marcha para Jesus reuniu tanto os fiéis interessados em assistir a shows, quanto aqueles que buscam no evento uma oportunidade de fazer pedidos especiais e de começar uma vida nova.O evangélico Robson dos Santos, 23, mais conhecido como Robinho, era uma das pessoas habilitadas a realizar batismos em duas piscinas montadas logo atrás do palco.
Os batismos começaram por volta das 18h com a expectativa de que cerca de cem pessoas fossem batizadas durante o evento. Segundo ele, qualquer um pode se batizar no local.
Quem escolhe ser batizado veste uma bata branca e, por fim, mergulha na piscina ao final do ritual. “O batismo representa o sepultamento do velho homem. Aquele que o mundo conhecia morreu e nasce um novo homem”.

Pedidos e oração
Próximo ao local, foi montado um outro estande da “intercessão”, local onde as pessoas podem fazer pedidos e fazer orações. O bispo Rubens de Sá diz que a maior demanda refere-se a questões familiares ou de relacionamento.
“É o casamento, é um problema com o irmão, com a namorada. Em segundo lugar, são pedidos na área financeira ou profissional”.
As pessoas escrevem um ou mais pedidos em qualquer tipo de papel. Um grupo de pessoas – os “intercessores”– cuja “vocação” é justamente orar por esses pedidos, se reúne no que o bispo chama de “cenáculo”. “Nós nos reunimos e oramos, alternadamente, por 24 horas. Após um mês, esses pedidos são colocados numa fogueira para serem queimados e renovados”.
O bispo estima que nesse Dia de Finados, cerca de 50 mil “pedidos físicos” sejam feitos. “Além das pessoas que depositam seus pedidos aqui, esperamos entre 150 mil e 200 mil pedidos pela Internet somente hoje”, afirma Sá.

Fonte: Folha Online / Padom

Deixe sua opinião