Noticias Gospel Mundo Cristão Fiéis afirmam que Fernanda Brum se converteu ao catolicismo

Fiéis afirmam que Fernanda Brum se converteu ao catolicismo

Noticias Gospel – Fiéis da Igreja Católica estão divulgando na internet que a cantora e pastora Fernanda Brum “se converteu ao catolicismo”. Em um vídeo publicado no youtube com o título “Maria (Fernanda Brum) exemplo de conversão”; mostra ex-evangélicos, entre eles, Sidney Alencar, Francisco Almeida Araujo, Fernando Casanova e Irmã Themis, como convertidos ao catolicismo e Ana Paula Valadão e Fernanda Brum como os próximos a deixarem o protestantismo.

A música “Maria” de Fernanda Brum é usada para endossar a notícia. Assista o vídeo:

Letra

Maria
Fernanda Brum

Era uma mulher sensível
A Deus a serva submissa
Viveu ao Senhor sempre rendida
Bendita entre as mulheres
Exemplo será pra sempre
Bendito é o fruto do seu ventre
Alcançou graça no Senhor
Ela disse em seu coração
Engrandece alma minha
A meu Deus e meu Salvador
Pois sua graça e misericórdia
São de geração
Em geração
O anjo de Deus lhe disse
Não temas és escolhida
E a ti um favor foi concedido
Teu filho será investido
De glória e poder divino
Virá salvação desse menino

Resposta

A Folha Renascer tentou entrar em contato com Ana Paula Valadão, mas até o fechamento desta edição não houve retorno. Pessoas próximas a cantora afirmaram que Ana respeita os fiéis católicos e assim como todos os evangélicos, não concorda com algumas práticas da igreja.

A assessoria de imprensa da cantora Fernanda Brum respondeu dizendo que a notícia “não tem absolutamente nenhum fundamento” e que Brum continua sendo pastora “na Igreja Batista Central da Barra da Tijuca” no Rio de Janeiro. Leia a nota completa:

Prezado:
Essa notícia não tem absolutamente nenhum fundamento. A Pastora Fernanda Brum congrega na Igreja Batista Central da Barra da Tijuca, RJ.
Por favor observe a letra da música citada. Ela fala apenas de Maria como mãe, mulher, exemplo virtuoso, nada, absolutamente nada diferente do que a Bíblia menciona.
A grande diferença entre católicos e evangélicos é a divindade que atribuem a Maria, que a Bíblia não atribui, nem a ela nem a
ninguém, exceto a Deus. Todas as nacóes a chamariam bem-aventurada e é somente isso que a música relata.
Falar de Maria deveria ser algo muito normal a todos os evangélicos.
Ela não é intercessora entre nós e Deus, pois a Palavra nos aponta um único mediador entre Deus e os homens: Jesus Cristo.
A pastora Fernanda Brum cita Maria como exemplo de mulher que foi escolhida para trazer o Salvador ao mundo.
Apenas isso.
Essa música está sendo usada como “fonte” por interpretação equivocada.

Fonte: Folha Renascer

Deixe sua opinião