O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence discursou na reunião anual da Convenção Batista do Sul em Dallas na quarta-feira, elogiando a denominação por seu quase 200 anos e pelo seu impacto espiritual transformador na nação.

“É difícil acreditar que o que começou há mais de 170 anos na First Baptist Church em Augusta, na Geórgia, agora se tornou uma das maiores forças do bem tem todos os lugares da América”, disse o vice-presidente.

“A Convenção Batista do Sul sempre se esforçou para alcançar o mundo para Cristo e assim tem feito ao longo das décadas”, continuou ele. “Eu acredito com todo meu coração que sua fé moveu montanhas.”

Da mesma forma, Pence afirmou que a administração Trump também havia movido montanhas por causa de seu compromisso implacável de preservar os princípios cristãos nos quais a nação foi fundada.

“É o maior privilégio de a minha vida servir como vice-presidente de um presidente que trabalha todos os dias para renovar a grandeza deste país”, declarou Pence.

“Quando você olha para o progresso que fizemos nos últimos 500 dias em casa e no exterior – uma América mais forte, uma economia mais forte, um compromisso mais forte com as liberdades dadas por Deus, consagradas em nossa Constituição – acho que há apenas uma maneira pode resumir esta administração: 500 dias de promessas feitas e promessas cumpridas “.

Pence também elogiou as realizações do presidente no exterior, mais notavelmente o histórico acordo nuclear com o ditador norte-coreano Kim Jong Un.

“O encontro que aconteceu foi direto e honesto, provocativo e produtivo”, disse Pence. “Isso resultou em um primeiro passo ousado no qual o líder da Coréia do Norte se comprometeu com a completa desnuclearização da Península Coreana.”

Um dos momentos mais emocionantes do discurso de Pence é quando ele se lembrou da noite em que ele e o presidente receberam em casa três prisioneiros americanos libertados pela Coréia do Norte.

“Um deles tirou do bolso um pequeno cartão. Na frente do cartão dizia: ‘Querido Sr. Vice-Presidente, louvamos ao Senhor que fez grandes coisas pela América e por nós”, relatou Pence.

“E então eu virei o cartão e na parte de trás, eles transcreveram parte do Salmo 126: ‘Quando o Senhor trouxe de volta os cativos para Sião, nós éramos como homens que sonhavam. Nossas bocas estavam cheias de risos e nossas línguas com canções de alegria”, disse ele, atraindo aplausos da platéia.

Ainda assim, Pence deixou claro que, apesar de todas as realizações dos últimos quinhentos dias, a nação ainda tem muito trabalho a fazer – trabalhos que exigem determinação, coragem e oração.

Embora a forte liderança americana tenha feito muito“, disse ele, “as orações eficazes e fervorosas de um povo justo podem valer muito mais, então vamos todos orar”.

Alguns Batistas Não Gostaram do Vice-Presidente Dirigindo-se à Convenção

Alguns membros da igreja deram nas redes sociais suas opiniões sobre a aparição de Pence na convenção e em seu discurso. E muitos não foram tão congratulatórios, chamando o discurso do vice-presidente de “um discurso de campanha”.

Portal Padom

Deixe sua opinião