JUNTE-SE AO NOSSO GRUPO no Telegram ou WhatsApp. Oferecemos o que há de mais relevante em notícias e conteúdo cristão 🤗

Um grupo formado por extremistas judeus profanarão na terça-feira o mosteiro de São Francisco, em Jerusalém, com pichações em hebraico e insultos religiosos.

Várias pichações apareceram na terça de manhã na porta exterior do mosteiro, situado no Monte Sião, em Jerusalém, local de grande valor para os cristãos, por ser próximo ao Cenáculo, onde segundo o Novo Testamento, foi o lugar em que aconteceu a última ceia de Cristo com seus discípulos.

Os profanadores escreveram “Jesus Cristo é um bastardo” e a frase “preço a pagar” em hebraico, uma expressão muito usada por extremistas judeus em atos de vandalismo em protesto contra a remoção de assentamentos instaurados na Cisjordânia.

Com isso, há agora dois ataques contra templos cristãos ocorrido em Jerusalém em pouco mais de um mês. No anterior, um grupo de vândalos realizara uma pichação nas paredes do monastério católico de Latrun e atearam fogo à porta de entrada do templo.

Portal Padom

Deixe sua opinião

JUNTE-SE AO NOSSO GRUPO no Telegram ou WhatsApp. Oferecemos o que há de mais relevante em notícias e conteúdo cristão 🤗