A executiva do Facebook, Nona Jones, ensina às igrejas como maximizar o uso do Facebook para se conectar com suas congregações.

JUNTE-SE AO NOSSO GRUPO no Telegram ou WhatsApp. Oferecemos o que há de mais relevante em notícias e conteúdo cristão 🤗

Nona Jones foi ordenada ao ministério aos 17 anos de idade. Como ministra e esposa de pastor, ela está alcançando uma audiência ainda maior no mundo digital como chefe da Facebook’s Faith-based Partnership Outreach.

Eu trabalho com pastores e igrejas, denominações, literalmente em todo o mundo para ajudá-los a maximizar o uso do Facebook para se conectar com suas congregações“, disse Jones em entrevista à CBN News. “A maneira que eu gosto de pensar sobre isso em um contexto ministerial é o discipulado digital.”

Jones compartilhou como a intervenção divina levou-a a deixar um emprego que ela amava e abriu a porta para sua nova posição na gigante de mídia social.

Intervenção Divina a Leva em uma Alta Posição no Facebook

Eu estava na rede de executivos de escolas alternativas na Flórida“, disse ela. “Quatro anos no cargo, Deus disse que esta tarefa acabou. Então eu me encontrei com minha chefe naquele dia; encontrei com ela às 1:00. Eu terminei de conversar com ela às 1:40, entrei no meu carro, estava dirigindo para casa. Às 2:05 meu celular tocou, 25 minutos, meu celular tocou, e eu não reconheci o número, então normalmente eu não atenderia, mas o Espírito Santo disse: ‘atenda’. Então, eu estava tipo ‘olá’, quando a mulher do outro lado disse, estou falando com Nona Jones? E eu disse, sim, ‘e ela me disse’ eu estou ligando do Facebook’”.

Um difícil começo na vida

Embora Jones esteve sempre vivendo uma vida de propósito. Mas a sua jornada para esse propósito foi preenchida com rejeição e abuso.

Eu cresci em uma situação muito traumática“, explicou ela. “Meu pai realmente queria ter filhos, durante 15 anos de casado minha mãe não conseguia engravidar, finalmente, ela engravidou e chorou porque não queria ter filhos.”

Depois que seu pai morreu de câncer em 1984, sua mãe namorou muitos homens diferentes.

Um deles acabou abusando sexualmente dela.

Quando eu tinha cinco anos, ela conheceu um cara que se tornou seu namorado e, infelizmente, pouco depois, ele começou a me abusar sexualmente“, disse Jones.

O abuso afetou Jones de várias maneiras.

Ela disse: “Eu ia à escola e agia porque, francamente, havia muito caos em casa e eu não sabia como processá-lo”.

Descobrindo Jesus muda tudo

Mas aos onze anos, a vida de Jones mudou para sempre quando um amigo a convidou para ir à igreja.

Foi lá que descobri Jesus“, disse ela. “Comecei a aprender sobre o chamado que Deus tinha em minha vida.”

No entanto, o abuso continuou, e Jones acabou contando à mãe sobre isso.

A primeira vez que eu disse a ela o que ele fez, ela o prendeu e eu fiquei tão animada. Eu fiquei tipo ‘obrigado, Senhor, ele se foi‘”.

Infelizmente, esse alívio não durou.

O impensável acontece: seu agressor retorna

Na época de sua libertação, minha mãe disse: ‘Ei, o que você acha dele voltar?'” “E eu estava tipo ‘eu não quero que ele volte‘”. E ela precisávamos de dinheiro em casa e então ela iria trazê-lo de volta. Então ela literalmente me levou com ela para buscá-lo na cadeia.

Eu nunca vou esquecer de estar no banco de trás do carro, indo para a cadeia para buscá-lo“, continuou ela. “E quando ele entrou no carro, é como se ele tivesse esse olhar presunçoso em seu rosto. E assim continuou depois que ele saiu da prisão.”

Crescendo em sua fé recém-descoberta, Jones orou por uma saída.

A resposta veio depois de ganhar uma bolsa integral para a Universidade da Flórida.

Como especialista em microbiologia, ela estudou muito e foi uma das melhores alunas do campus. Ela mudou seu curso e passou a ganhar seu bacharelado e mestrado em Administração de Empresas e foi reconhecida como uma Universidade da Flórida Outstanding Young Alumnus.

Sucesso acadêmico obscurecido por um passado quebrado

No entanto, o quebrantamento e a amargura de seu passado a assombravam.

Bem sucedida na faculdade, mas eu tinha muita rejeição dentro de mim que eu ainda precisava que Deus trabalhasse“, disse Jones.

A cura finalmente chegou quando ela aprendeu a perdoar.

Quando perdoei minha mãe – verdadeiramente a perdoou e percebi que machucar as pessoas, machucar as pessoas”, comentou ela. “Ela foi abusada. Ele foi abusado. Quando percebi isso, acho que consegui andar no poder de cura do perdão e como resultado.”

Hoje, Jones serve ao lado de seu marido, o pastor Timothy Jones, no ministério cristão Open Door Ministries Church, em Gainesville, Flórida.

Ela é a orgulhosa mãe de dois.

Uma missão para compartilhar a liberdade e a esperança

Sua missão no Facebook e além é contar aos outros sobre o Deus que a resgatou e lhe deu uma plataforma para compartilhar sua história de liberdade e esperança.

Ela disse: “Não importa quantos seguidores você tenha, o que importa é quantas pessoas estão seguindo Jesus através de você.”

Jones lançará seu livro de memórias intitulado “Sucesso de dentro para fora”, em janeiro de 2020.

Deixe sua opinião

JUNTE-SE AO NOSSO GRUPO no Telegram ou WhatsApp. Oferecemos o que há de mais relevante em notícias e conteúdo cristão 🤗