O pastor Carl Lentz, que foi afastado da Hillsong Church por adultério, está fazendo um tratamento contra depressão, ansiedade e esgotamento pastoral.

Uma fonte próxima ao ex-pastor da Hillsong Church disse à People que Lentz buscará “tratamento em um ambulatório especializado em depressão, ansiedade e esgotamento pastoral”, após sua recente infidelidade.

Lentz, 42, foi  afastado da Hillsong no mês passado após 10 anos, e mais tarde admitiu ser infiel à esposa, Laura, com quem se casou em 2003 e com quem tem três filhos.

“Ele quer ser melhor para sua família e se dedica a fazer o trabalho”, diz a fonte sobre Lentz. “Sua família o está apoiando e espera que sua privacidade seja respeitada nesta jornada.”

“Ele não tem má vontade para com a igreja e reconhece que eles precisavam tomar alguma atitude para resolver seus erros”, acrescenta a fonte.

A demissão de Lentz da Hillsong foi confirmada em uma declaração em 4 de novembro pelo fundador Brian Houston, que citou “discussões em andamento em relação a questões de liderança e quebra de confiança, além de uma revelação recente de falhas morais.”

“Eles têm um coração pelas pessoas e estamos confiantes de que, após um tempo de descanso e restauração, Deus usará Carl de outra forma fora da igreja Hillsong”, diz a declaração. “Ao encerrar seu mandato, não queremos de forma alguma diminuir o bom trabalho que ele fez aqui.”

Desde 2010, Lentz era pastor na localidade de Hillsong em Nova York depois de inaugurar a primeira igreja nos Estados Unidos com Joel Houston, de acordo com o Religion News Service, que foi o primeiro a relatar a notícia de sua demissão.

Anteriormente, ele frequentou o Hillsong College, o programa de treinamento da igreja, onde conheceu Laura.

À medida que seu perfil crescia ao longo dos anos, o mesmo acontecia com seus seguidores famosos; um  perfil da GQ 2015 listou Justin Bieber , Kendall Jenner, Selena Gomez, Kevin Durant e Bono como fãs.

No dia seguinte à confirmação da demissão de Lentz, o pai de três filhos admitiu em um post no Instagram que havia sido infiel a Laura, mas jurou “buscar a ajuda de que preciso” para reconstruir a confiança de sua esposa de 17 anos e seus filhos, Ava, Roman e Charlie.

“Essa falha é minha, e só eu, e assumo total responsabilidade por minhas ações” , escreveu ele no post . “Agora começo uma jornada de reconstrução da confiança com minha esposa, Laura e meus filhos, e dedico um tempo real para trabalhar e curar minha própria vida.”

Embora Lentz não tenha identificado a pessoa com quem teve um caso, uma mulher de 34 anos chamada Ranin Karim se apresentou duas semanas depois para alegar que ela e Lentz tiveram um relacionamento de meses que terminou em outubro.

Além disso, a igreja mais tarde anunciou em um comunicado que ao ouvir de várias pessoas após a demissão de Lentz, ela iria lançar uma “revisão e investigação em profundidade para todas as preocupações e quaisquer questões culturais mais amplas.”

Apesar do escândalo, Lentz e sua esposa permaneceram uma frente unida, com uma fonte anteriormente dizendo à PEOPLE que o casal estava “trabalhando muito” para fazer seu casamento funcionar, e ela “ficou ao seu lado” em meio à turbulência.

Deixe sua opinião