Fausto OliveiraO então integrante da Igreja Universal do Reino de Deus, suplente de deputado estadual, Fausto[bb] Oliveira (PRB) procurou a polícia para pedir proteção de vida. Ele denunciou que vem sofrendo ameaças de morte e, mesmo não sabendo atribuir a quem, acredita que o fato tenha ligação com dívidas de campanha.Recém nomeado assessor do gabinete do governador José Maranhão (PMDB), o então deputado e pastor da Igreja Universal disse a polícia que pode estar sendo ameaçada por ter contraído empréstimos durante a campanha eleitoral. Fausto afirmou que só pode atribuir a esse fato as ameaças de morte que vem sofrendo.

Por causa das ameaças, ele disse que tem evitado aparecer em público, enquanto cuidar de montar um estabelecimento comercial no Bairro de Mangabeira. Fausto, também, espera assumir uma cadeira na Assembléia Legislativa na condição do próximo suplente.

Paraiba/padom.com

Deixe sua opinião