Evangelista preso em Londres por pregar contra a homossexualidade volta para seu país

Evangélico é preso por pregar contra a homossexualidade
Mulher se sente ofendida por evangélico que pregava contra a imoralidade sexual dos heterossexuais como as do homossexuais.

Um ex-comissário da policia de Los Angeles foi preso em Londres por pregar que a homossexualidade é pecado.

Tony Miano, pai de três filhos, se aposentou há dois anos para se dedicar a pregação. Ele disse que dois policiais se aproximaram dele enquanto estava pregando nas ruas contra a imoralidade sexual.

“Perguntaram-me sobre o que pregava e se havia falado da homossexualidade. Eu disse que sim e continuaram sua investigação… Logo eles me prenderam, pois segundo eles minhas palavras eram homofóbicas e de ódio“, comentou.

Miano disse que durante seus anos de trabalho como comissário da policia nunca viu esse tipo de interrogatório por parte da policia. “Perguntaram-me se uma pessoa homossexual chegasse perto de mim e tivesse com fome, se eu ira daria lhe algo para comer. Fui investigador. Fazia muitas interrogações e jamais participei de um interrogatório para tentar a fé da pessoa”.

O advogado de Tony trabalha com o Centro Legal Cristão e disse que ele poderia ficar preso por muito tempo. “O promotor pode manda-lo permanecer no país para terminar o julgamento, e isso poderia levar três ou quatro meses”, disse seu advogado na época.

Felizmente o advogado de Miano, conseguiu que o liberassem sem acusações. ‘Uma hora depois, o investigador voltou a minha cela e eu esperava que dissesse que o promotor tinha decidido continuar com o caso, mas o que ele me disse me espantou e eu sei que foi a mão de Deus. Ele me disse que o promotor tinha decidido me libertar sem nenhuma acusação adicional’.

O Departamento Metropolitano da Policia, não comentou sobre isso na câmara, mas disse que Tony estava “falando através de um sistema megafone e supostamente fez comentários homofóbicos”. Também indicou que “foi preso por suspeita de cometer crimes no âmbito da Lei e Ordem Publica, e foi liberado sem nenhuma ação adicional naquele mesmo dia”.

Miano esta preocupado com a falta de liberdade para pregar a palavra em um país supostamente cristão. “É incrível que, aqui na Grã-Bretanha alguém como você chega as ruas, abre a Bíblia e prega a Palavra de Deus e o que diz sobre o pecado, e quando mencionar o pecado favorito desta sociedade de homossexualidade, me vejam como demônio, me difamam e me tratam como um criminoso“.

O Centro Legal Cristão, diz que enquanto Miano sai livre desta vez, sua prisão é apenas o primeiro de muitos casos. O centro se compromete em ajudar os cristãos a lutarem pela liberdade de expressão e o direito de pregar o evangelho.

Miano continuará compartilhando o evangelho nas ruas, mas em vez da Inglaterra, ele voltou para a América, onde no momento não espera ser preso por pregar o evangelho na rua.

Esta não é a primeira vez que prendem um cristão por pregar nas ruas de Londres. Segundo as novas leis britânicas, qualquer que se sinta ofendido pela mensagem da Bíblia poderá registrar uma denuncia. – cbn

Portal Padom

Deixe sua opinião