Evangélicos cometeram aberração ética aoblindar Palocci, diz pastor

1
107

ricardo-gondim1
Os parlamentares evangélicos cometeram “uma das maiores aberrações ética que já surgiu neste país nos últimos tempos” ao blindar o ministro Antônio Palocci (Casa Civil) em troca do veto ao kit anti-homofobia. A afirmação é do pastor Ricardo Gondim, 54, líder da Igreja Batesda.
O pastor se referiu à ameaça que esses parlamentares fizeram ao governo de apoiar a convocação de Palocci para que explicasse o seu rápido enriquecimento, caso fosse mantido o chamado kit gay que o Ministério da Educação estava produzindo para distribuir a seis mil escolas públicas.
“Isso é lamentável, completamente lamentável ”, disse Gondim, que tem se destacado como crítico dos rumos que tem tomado o movimento evangélico brasileiro. “Isso mostra do que essa bancada, que diz representar os evangélicos, está disposta a negociar [o seu apoio político]”. O pastor disse que essa negociação confirma o que ele vem dizendo, ou seja, o movimento evangélico tem um projeto de poder, com participação cada vez maior na política do país.
“Isso em um estado laico é um absurdo”, disse.

O Povo / Paulopes / Portal Padom

Deixe sua opinião

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui