“Eu sabia que Deus estava conosco”, diz Lionel Messi após vitória da Argentina sob a Nigéria

"Passamos por dias difíceis por causa do resultado do jogo anterior... Eu sabia que Deus estava conosco e não nos deixaria fora da competição", diz Messi

0
213

Até o 87º minuto da partida entre Argentina e Nigéria, na terça-feira, parecia que a Argentina, uma das maiores nações do futebol do mundo, seria eliminada da competição na Rússia.

Lionel Messi, o atacante argentino que também joga pelo Barcelona, ??disse que não estava preocupado porque sabia que “Deus estava conosco”.

No 87º minuto da partida, o zagueiro do Manchester United, Marcos Rojo, marcou um gol dramático colocando fim ao cenário de roer as unhas e mandou os torcedores para uma rodada frenética de comemorações. A Argentina saiu com uma vitória por 2 a 1 e garantiu sua vaga nas oitavas-de-final com um jogo contra a França na manhã de sábado.

Eu sabia que Deus estava conosco e não nos deixaria fora [da competição]“, disse Messi aos repórteres. “Não me lembro de ter sofrido tanto, por causa da situação e por causa do que estava em jogo. Foi um lançamento enorme para todos nós.

Se Rojo não tivesse marcado aos 87 minutos do jogo contra a Nigéria, a Argentina, após um desempenho medíocre na competição até agora, teria sido eliminada da competição e a Nigéria teria alcançado as oitavas-de-final pela primeira vez .

Mas Deus não quis assim, explicou Messi.

“Passamos por dias difíceis por causa do resultado do jogo anterior, da situação em que estávamos e por causa de muitas coisas que saíram. Mas, felizmente, conseguimos atingir nosso objetivo. Sabíamos que faríamos isso. Nós Não esperávamos sofrer tanto, mas estávamos confiantes de que iríamos passar. E graças a Deus aconteceu“, disse ele.

As coisas ficaram tão ruins na equipe que houve relatos de que jogadores do campo argentino estavam pedindo a renúncia do técnico da equipe, Jorge Sampaoli. Após a vitória de terça-feira, no entanto, Messi mostrou apoio a Sampaoli, com um abraço.

“Esse gesto me deixa muito orgulhoso“, disse Sampaoli.

“Ele conhece a paixão que eu dedico a tudo o que faço, as viagens que fiz para falar com ele, ele sabe que compartilhamos o sonho de ir à Rússia para fazer algo importante para a Argentina”.

“Temos o melhor jogador do mundo e temos que aproveitar ao máximo”, acrescentou Sampaoli. “Minha principal preocupação é que Messi tenha continuidade em campo: se ele tem muita bola, então temos chances. Se ele ficar isolado, a Argentina sofre.”

Apesar do desapontamento com a forma como a partida terminou, a Nigéria, que tinha a equipe mais jovem da competição, disse que estava orgulhosa de como jogou.

“Mostramos ao mundo que a Nigéria tem jogadores talentosos“, disse o zagueiro Leon Balogun à FIFA . “Mostramos que somos uma nação do futebol e, se a equipe permanecer unida, espero que possamos nos dar um relato ainda melhor daqui a quatro anos.”

Portal Padom

com informações CP

Deixe sua opinião

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui