Em uma das suas últimas entrevistas as mídias cristãs, o fundador da Igreja Batista do Morumbi, pastor Ary Velloso, que faleceu nesta quarta-feira, dia 25, aos 77 anos, em Londrina, lembrou que os pastores devem cuidar da saúde. “Eu não me cuidei bem”, falou na época. Aos 42 anos Velloso teve um ataque do coração, precisou de quatro pontes de safena e aos 63 anos passou por um transplante. Para ter qualidade de vida, o ex-missionário da Sepal, se mudou para Londrina.

Segundo informações coletadas pelo CREIO na Igreja Batista do Morumbi, o pastor Ary Velloso passava por um novo tratamento do coração nos últimos meses, o que fragilizou o organismo. O motivo oficial da morte não foi divulgado pela igreja.

Em entrevista a revista IGREJA, pastor Ary Velloso disse: “Eu não me cuidei bem. Só jogava bola só nos retiros da Igreja. Isto é perigoso, pois o coração e o corpo não estão preparados, a não ser que se faça isto regularmente.”

Aos 63 anos o líder passou por um transplante onde recebeu coração de um jovem de 27 anos. Ministro atuante neste período continuou, conforme relatou a reportagem, liderando a igreja. “Continuei com discipulado no um a um, dando cursos da igreja e fora dela”, relatou. Após sete anos, abriu mão da correria de São Paulo e se mudou para Londrina.

Creio / Portal Padom

Deixe sua opinião