Greg Laurie, pastor da Harvest Christian Fellowship em Riverside, Califórnia, está vendo “Deus trabalhar” em meio à crise do coronavírus que tem assolado o mundo, revelando sua crença de que “as pessoas estão ouvindo” e encontrando a verdade eterna em meio às cinzas do caos.

Laurie e sua igreja fizeram manchetes na semana passada depois que o presidente Donald Trump enviou um tweet incentivando as pessoas a transmitir o culto de domingo de Laurie.

A Harvest Christian Fellowship normalmente atrai uma vibrante audiência virtual de dezenas de milhares de espectadores, mas o tweet de Trump elevou esse numero a 1,3 milhão de pessoas.

O resultado final: 11.207 pessoas decidiram se tornar cristãs.

“Isso atraiu muitas pessoas interessantes”, disse Laurie, observando que muitos tomaram a decisão final de se tornarem cristãos como resultado do tweet. “Quando estendi o convite, foi uma resposta incrível.”

Laurie também acrescentou seus pontos de vista sobre por que tantas pessoas responderam – e por que existem atualmente muitos relatos de crescente interesse na Bíblia e no cristianismo.

“As pessoas estão assustadas. As pessoas estão fazendo as perguntas que provavelmente deveriam estar perguntando o tempo todo”, disse ele, observando que a eternidade e Deus são temas atualmente na mente de muitos americanos. “As pessoas estão apenas ouvindo mais do que normalmente ouvem.”

Laurie acredita que ele está “vendo a obra de Deus”, apesar do caos.

Quanto a Trump, Laurie expressou gratidão pela decisão do presidente de “apontar as pessoas” para a igreja.

“As pessoas devem se alegrar com isso”, disse ele, pedindo aos cristãos que se reúnam em oração e trabalhem juntos para resolver a crise atual. “Não é hora de discussões partidárias.”

O pastor popular também abordou uma pergunta que alguns costumam fazer em meio a dores e lutas: Por que um Deus amoroso permitiria isso?

“Penso em quando Jesus foi ao túmulo de Lázaro que havia morrido e lemos que ele chorava”, disse Laurie, observando que essas lágrimas são interessantes, considerando que Cristo sabia que ele curaria Lázaro e o traria de volta. “Ele chorou porque a morte é uma aberração. Isso nunca fez parte do plano de Deus.”

Laurie acrescentou que existem eventos que acontecem na vida que são simplesmente inexplicáveis, mas que também existem certezas inegáveis.

“Não vou trocar o que sei pelo que não sei”, disse ele. “Mas aqui está o que eu sei: eu sei que Deus nos ama, que Deus quer fazer parte da nossa vida. Eu sei que a eternidade é real. Eu sei que se colocarmos nossa fé em Jesus Cristo, podemos ir para o céu.”

Deixe sua opinião