Susana Alves de Lima, esposa do descarregador Ciconed de Lima Bezerra, 36 anos, que foi esquartejado em um ritual de magia negra, na cidade de Caruaru em janeiro deste ano, foi presa nessa quinta-feira (4), na Zona Rural da cidade de Agrestina. Ela é acusada de participar do crime.
De acordo com a polícia, no inquérito, Suzana foi indiciada e já havia mandado de prisão contra a acusada, que foi encaminhada para a Penitenciária Feminina de Buíque. Ela nega a participação da morte do marido.O corpo do descarregador Ciconed de Lima Bezerra, 36 anos, foi cortado em pedaços e espalhado em bairros diferentes da cidade. A polícia encontrou as partes do cadáver no dia 4 de janeiro deste ano. Além de espalhar partes do corpo, o acusado cozinhou num caldeirão a cabeça, as mãos, o pênis e as nádegas.
O pai-de-santo Jandeílson Mendonça de Queiroz, 23, confessou o crime. Ele afirmou à polícia que atendeu a um pedido de uma entidade espiritual.

JC/www.padom.com

Deixe sua opinião