Esperando por Deus

Leia: Salmo 62
Somente em Deus espera silenciosa a minha alma. (v. 1)

Eu não gosto de esperar. Fico infeliz quando sou apanhado nas filas de trânsito, quando tenho de ficar numa longa fila no posto dos correios, quando o meu computador parece demorar uma eternidade para processar algo. Quando faço as malas para uma viagem costumo certificar-me sempre que tenho algo para ler nos tempos de espera no aeroporto ou entre eventos. Esperar é realmente aborrecido para mim!

Por outro lado, esperar de forma paciente pode ser recompensador. Pode ser preenchido com a antecipação.

Esperar é exactamente aquilo que somos chamados a fazer na nossa relação com Deus. A nossa forma de fazer isso é através da oração. Já alguma vez pensou no seu tempo de oração como um tempo de espera? Podemos preencher o tempo todo com as nossas petições. Mas a oração é uma relação, e não apenas uma maneira de pedir ajuda. Se esperarmos, iremos receber. Se somos impacientes negamos a nós próprios o que Deus nos quer dar. Orar de forma impaciente é como tentar abrir à força um botão de flor.

Na oração paciente, a pressa de concretizarmos os nossos objectivos é acalmada temporariamente. Tomamos um momento para simplesmente estarmos tranquilos com uma atitude humilde e receptiva – “esperando, rendidos e sossegados,” como diz o hino, prontos para receber os dons de Deus de amor, alegria e paz.

Oração: Deus gracioso, dá-nos paciência para esperarmos por Ti. Amen.

Fonte: Diariocristao e padom.com

Deixe sua opinião