Que nesse ano de 2021, possamos fazer, sempre, as melhores escolhas ao lado do Senhor Jesus!
Que nesse ano de 2021, possamos fazer, sempre, as melhores escolhas ao lado do Senhor Jesus!

Outro dia, em um pet shop, deparei-me com uma pessoa lendo um romance de um autor e roteirista americano, com mais de mil páginas. Confesso que fiquei impressionado com o tamanho do livro. Em um primeiro momento imaginei que ele fosse escrito com letras grandes e diversas figuras, porém, como aquela leitora estava sentada ao meu lado, dei uma “esticada de olho” e percebi que as letras eram pequenas e que não continha imagens, ao menos não percebi nenhuma enquanto ela foleava a obra.

Naquele instante meditei brevemente sobre as escolhas da vida.

Todos os dias somos obrigados a fazer escolhas! Escolhemos nossas roupas, nosso alimento, os lugares e atividades que faremos.

Às vezes, por excesso de repetição, estas escolhas acontecem de maneira quase que inconsciente como ocorre, por exemplo quando trocamos as marchas de um carro. Em outras situações as escolhas requerem um pouco mais de atenção tal qual o ato de traçar o melhor percurso para determinado lugar.

Algumas escolhas erradas não acarretam maiores consequências, como por exemplo quando erramos a escolha da marca da pasta de dente. O gosto diferente fica na boca nos mostrando que erramos, porém, quando usamos o enxaguante bucal ou nos alimentamos esse erro acaba sendo superado e esquecido sem maiores problemas.

Outras escolhas equivocadas, contudo, podem acarretar problemas que irão se perpetuar por uma vida toda como o casamento “com a pessoa errada”.

É justamente esse o ponto que gostaria de abordar: escolhas que afetam nossa vida material e espiritual.

Uma má escolha na vida material poderá carretar dívidas e preocupações por um longo tempo, quiçá a vida toda. Isso, por si só, já é um grande problema. Agora, imagine só se essa escolha pudesse afetar não somente essa vida como, principalmente, a eternidade!

A sempre atual, presente e poderosa Palavra de Deus nos adverte que:

“Não se enganem: de Deus não se zomba. Pois aquilo que a pessoa semear, isso também colherá.” Gl 6.7

O ano está começando e, com toda certeza iremos ter a necessidade de fazer muitas escolhas durante os próximos meses. Contudo, as mais importantes, são aquelas que podem afetar tanto a vida material como nossa vida espiritual. A bíblia traz uma série de histórias que foram escritas para nosso ensinamento (Rm 15.4).

Assim, lembrei-me que para saciar uma necessidade momentânea Esaú renunciou a sua benção (Gn 25.34).  Escolhas baseadas na necessidade física e não em sua condição de primogênito.

Que Davi, mesmo tendo um harém, movido por emoções (2Sm 11. 2-4), se entregou ao desejo e colheu morte e sofrimento (2Sm 12.18). Escolhas centradas nos sentimentos.

Recordei-me de Daniel que tendo em suas mãos a possibilidade de escolher o melhor desta terra, optou pelo simples, porém abençoado sustento ofertado por Deus (Dn 1, 12-13). Escolha com base na fé.

Por fim, me veio a memória Judas que escolheu as riquezas deste mundo em detrimento a Paz e Salvação de sua alma. Escolha com base em um julgamento errado com motivação em vantagem econômica

Escolhas!

A verdade é que nossas escolhas irão determinar o nosso futuro!

Que nesse ano de 2021, possamos fazer como Maria, irmão de Marta (Lc 10. 38-42), que não perdeu a oportunidade para adorar. Que venhamos a fazer, sempre, as melhores escolhas ao lado do Senhor Jesus!

por: Pr. Fernando Marques Sá (Instagram)

Deixe sua opinião


Mais conhecimento da Bíblia em menos tempo?
Não sei se você é uma dessas pessoas que tem dificuldades de entender a Bíblia. Eu já fui e sofri muito! Mas não me dei por vencido, não me deixei ser derrotado pelos inimigos. E você, como anda sua leitura da Bíblia? Seu entendimento? Que tal melhorar nessa área da sua vida espiritual, aprendendo a entender assuntos da Bíblia de forma simples e rápida, ajudado por quem já superou as mesmas dificuldades que você enfrenta? Clique aqui agora e pegue seu Manual de estudos exclusivo