AbortoAs cicatrizes na cabeça de Hope servem como lembretes constantes de como ela quase perdeu a vida antes de nascer.

Hope é uma sobrevivente do aborto, mas não se tornou em uma pessoa amarga nem com ressentimento. Apesar de ter vários problemas de saúde como resultado do aborto, Hope compartilhou online que ela perdoou sua mãe biológica e ela acredita que Deus tem um plano para sua vida.

Hope sobreviveu a um aborto quando estava com apenas 10 semanas de gestação no ventre de sua mãe, escreve o Live Action News. Isso a deixou com vários problemas de saúde, incluindo paralisia cerebral e incapacidade de andar. Ela também fala devagar e tem uma longa cicatriz na cabeça, de onde os instrumentos do médico do aborto tentaram acabar com sua pequenina vida.

Hope foi adotada por uma família amorosa. Ela disse que se conectou com sua mãe biológica no Facebook e disse que a ama e a perdoa.

Hope compartilhou mais de sua história em um vídeo do YouTube:

“Sou uma sobrevivente do aborto. Estou feliz que minha mãe biológica me colocou para adoção. Eu disse a minha mãe biológica que Deus tinha um plano para a vida dela. Conheci minha mãe biológica através do Facebook e estou feliz por ela ter feito isso. E eu orei por ela, e disse a ela que a amo muito, e Deus tem um plano para cada uma de nossas vidas. Ele tem um plano para minha vida e sempre terá um plano para a sua. E foi assim que acabei sendo. E esse é o fim da minha história.”

Hope é uma das muitas sobreviventes do aborto conhecidas. Ela se junta a Melissa Ohden, Gianna Jessen, Claire Culwell e muitos outros cujas vidas colocaram um rosto a milhões de outros bebês menos afortunados que não sobreviveram ao aborto. As histórias dessas sobreviventes do aborto demonstram o amor e a cura que podem surgir de uma situação trágica – por meio do precioso presente de uma nova vida humana.

Deixe sua opinião