O prefeito Eduardo Paes, que esta sendo candidato à reeleição a prefeitura do Rio de Janeiro, usou evento de igreja evangélica para pedir respeito ao movimento gay do Brasil.

Segundo o site voltado ao público gay, Mix Brasil, Eduardo, esteve no dia 19 de agosto, em um evento da Igreja Assembleia de Deus, em Senador Camará, Zona Oeste do Rio, e no momento em que lhe deram a oportunidade ele disse: “Vocês podem contar comigo, sem pregar o ódio e respeitando a diversidade e as diferenças”.

O candidato do PMDB tem recebido apoio de grupo de ativistas gays, por ter realizado vários projetos voltada a essa comunidade, no entanto ele também esta recebendo apoio político de muitos líderes evangélicos, que tem incentivado os membros de suas igrejas a votarem nele.

Paes, além de pedir respeito à causa gay, ele disse que não vai às igrejas para pedir votos, mas para receber uma oração para ser iluminado. “Não vim pedir voto, vim pedir oração para iluminar e ter forças para seguir e construir um Rio muito melhor“.

Iluminado para administrar o Rio de Janeiro e construir uma cidade melhor? Pelo jeito ele esta sendo iluminado para jogar nos dois times, ou seja, apoiando a causa gay e os evangélicos.

Cabe a todos os evangélicos, orarem a Deus, para que seus líderes venham ter a visão e não vender o voto da igreja para pessoas que não tem compromisso com o evangelho em sua plenitude.

Será que para Eduardo Paes, e diversos outros políticos, pregar as verdades bíblicas sobre o homossexualismo é pregar o ódio?

Portal Padom

Deixe sua opinião