A preocupação – sentir-se inquieto ou preocupado – parece atormentar muitas pessoas em nosso mundo hoje. É da natureza humana preocupar-se com as situações ruins em nosso mundo e em nossa vida pessoal, mas se não tomarmos cuidado, o diabo nos preocupará além do razoável.

Como uma cadeira de balanço, a preocupação está sempre em movimento, mas nunca o leva a lugar nenhum. Então, por que lutamos com isso? E de que adianta?

A preocupação é o oposto da . Ela rouba nossa paz, nos desgasta fisicamente e pode até nos deixar doentes. Quando nos preocupamos, atormentamos a nós mesmos – estamos fazendo o trabalho do diabo por ele!

A preocupação é causada por não confiarmos em Deus para cuidar das várias situações em nossas vidas. Muitas vezes confiamos em nossas próprias habilidades, acreditando que podemos descobrir como cuidar de nossos próprios problemas. E, no entanto, depois de toda a nossa preocupação e esforço para prosseguir sozinhos, não conseguimos encontrar soluções adequadas.

Ainda jovem, descobri em primeira mão que as pessoas machucam as pessoas, então não confiei nos outros. Tentei cuidar de mim mesma, recusando-me a depender de quem me magoasse ou me decepcionasse.

Muitas vezes nossas experiências no mundo nos ensinam isso e mesmo depois de nos tornarmos cristãos, leva muito tempo para superar isso. É difícil aprender a confiar em Deus, mas eventualmente devemos aprender que tentar cuidar de tudo por nós mesmos é uma tarefa muito grande.

Lance suas preocupações naquele que cuida de você

Primeiro Pedro 5:6-7 (NVI) diz: “Humilhai-vos, portanto, sob a poderosa mão de Deus, para que ele vos levante no devido tempo. Lance sobre ele toda a sua ansiedade, porque ele se preocupa com vocês”. Se Jesus nos convida a lançar sobre ele todo o nosso cuidado e preocupação, por que tantos de nós nos recusamos a deixar ir? Aparentemente, ainda não estamos fartos de sermos infelizes.

A única maneira de termos vitória em nossas vidas é obedecendo às regras de Deus e Ele diz que devemos parar de nos preocupar se quisermos ter paz. Portanto, quando acontecem coisas que nos preocupam, precisamos da ajuda de Deus.

Mas como o obtemos? Primeiro Pedro 5:6-7 lista dois passos importantes: 1) humilhar-se; e 2) lance sua ansiedade – ou preocupações – sobre ele.

Todos nós estaríamos melhor se aprendêssemos a confiar em Deus e pedir Sua ajuda. Mas, enquanto tentarmos fazer tudo sozinhos, Deus permitirá. Ele não cuidará de nossos problemas e preocupações – nossas ansiedades – até que os deixemos ir e os entreguemos a ele.

Agora, lançar seu cuidado não significa que você pode ser irresponsável. Deus não fará por você o que você mesmo pode fazer. Você deve fazer o que você pode fazer e então confiar em Deus para fazer o que você não pode. Quando nos humilhamos e pedimos Sua ajuda, então Ele atuará em nós e em nossas situações. Só então podemos realmente aproveitar a vida.

Portanto, a cura para a preocupação é nos humilharmos diante de Deus, lançar nossas preocupações sobre ele e confiar nEle. Quando somos capazes de acreditar e dizer: “Deus, eu confio em Você”, isso mudará literalmente nossas vidas.

Troque sua preocupação por uma atitude de fé

Aprendi que minha atitude tem muito a ver com viver uma vida sem preocupações. Sempre haverá situações que nos preocupam, mas com a ajuda de Deus, podemos viver acima de tudo e aproveitar a vida. No entanto, quando você entrega seus problemas a Deus, você também deve decidir ficar satisfeito com as respostas dEle – você deve escolher confiar nEle.

Lembre-se de que 1 Pedro 5:7 diz: “Lance sobre ele toda a sua ansiedade, porque ele se importa com você”. Você pode confiar que Deus fará o que é melhor para você, então não precisa se preocupar com isso. Quando você tem uma atitude positiva e mantém sua fé em Deus, você não pode ser derrotado.

Juntos, a fé e a Palavra de Deus o ajudarão a superar as preocupações. A preocupação envolve pensamentos negativos, mas falar coisas positivas pela sua boca interrompe esses padrões de pensamentos negativos. Quando estamos cheios da Palavra de Deus, podemos falá-la com nossa boca pela fé.

A fé é mais forte do que a dúvida, o negativismo e a incredulidade. Tem uma atitude positiva que pode superar o nosso passado e nos conduzir a um grande futuro. A fé é uma força poderosa que não pode ser conquistada.

Quero encorajá-lo a gastar tempo estudando a Palavra de Deus, procurando escrituras que o lembrem de Seu amor por você e Sua fidelidade para nunca deixá-lo ou abandoná-lo. Alguns bons exemplos para começar são Salmos 103, Lamentações 3: 22-23 e Hebreus 13:5.

Ao passar tempo com Deus em oração e meditando nas escrituras (pensando nelas, revirando-as em sua mente), você encontrará mais paz na presença Dele. Você se tornará mais focado em Deus e em Suas promessas e desfrutará da liberdade de preocupações!

por: Joyce Meyer

traduzido e adaptado por: Pb. Thiago D.F. Lima

Deixe sua opinião