Cristãos na prisão com a bíblia

Noticias GospelO hostil regime do Irã nem mesmo nos tempos de paz das Festas de fim de ano tem parado a sua perseguição e enforcamentos a presos políticos. No último dia de Natal, o Teerã prendeu nove cristãos de uma igreja local e os enviaram a um lugar desconhecido.

Os membros da Basij, força paramilitar que responde ao regime iraniano, invadiram uma casa que servia de igreja clandestina na cidade de Roudehen,  na capital do Irã.

Mehdi Kian, Ali Sadraddin, Mohammad Kazemi, Azin Faroudi, Mohammad Hossein Moridian, Maryam Narimani, Alireza Nasiri, Hermano Matin estão entre os presos, segundo informou o Conselho Nacional de Resistência iraniano.

Pelo motivo do Natal, na última quarta-feira, 25, a presidente eleita da resistência iraniana, Maryam Rajavi, disse que o regime é o inimigo mais implacável de Cristo e Maomé, e criticou que em nome da religião atacam-se com acido as mulheres, enforcam-se as jovens, aprisiona os novos convertidos cristãos e violam os seus direitos mais fundamentais.

Nesse mesmo dia, enquanto milhões de pessoas em todo o mundo celebraram o nascimento de Cristo, o regime iraniano enforcou sete pessoas em Shiraz.

Portal Padom

Deixe sua opinião

WhatsApp
Entre e receba as notícias e artigos do dia