Noticias gospelUm grupo de moradores hindus em Kohkameta, Estado de Chhattisgarh, atacou um grupo de cristãos que se reuniram durante um culto de domingo no dia 25 de Outubro. Eles espancaram os cristãos até alguns ficarem inconscientes, além força-los a assinar documentos legais dizendo que eles estavam se convertendo ao hinduísmo, de acordo com um relatório da World Watch Monitor.

Havia 35 pessoas na igreja”, conta um dos cristãos que foi espancado. “Enquanto o serviço de oração estava acontecendo, alguns meninos e jovens moradores vinheram com pedaços de pau e começou a bater nos crentes. Eles nos arrastaram e espancavam sem piedade “, disse ele.

noticias-gospel-cristão-converter-hinduO pastor, de 31 anos de idade Mehtu Karma, foi espancado na cabeça até ficar inconsciente, com sangue escorrendo de seu ouvido.

Os hindus trouxeram declarações para os cristãos a assinar, espancando-os até que eles assinassem. Os documentos afirmam que os cristãos tinham se convertido ao hinduísmo e que deixará de participar de atividades cristãs – caso venha fazer, poderão ir presos.

Eles forçaram os crentes a assiná-lo“, disse a testemunha. “Quando um crente se recusou, os moradores começaram a espanca-lo novamente.”

Os cristãos relataram o incidente à polícia, apesar do fato de que os hindus ameaçaram que se o fizessem, eles iriam queimar suas casas, impedi-los de chegar a aldeia, ou matá-los. De acordo com o World Watch Monitor, os aldeões hindus também entraram com uma falsa queixa à polícia, alegando que os cristãos haviam espancado e jogado fora os seus deuses e deusas hindus de suas casas.

Mesmo no hospital, os cristãos feridos foram ameaçados. “Se você não tirar a sua denúncia na polícia, vamos matá-lo”, disseram eles. Outros foram forçados a assinar os documentos em seus leitos hospitalares, embora muitos deles sejam analfabetos.

Não contente com os documentos assinados, cinco dos cristãos foram arrastados para o templo hindu e foram submetidos a rituais de iniciação hindus.

Em outro incidente, um grupo de 13 pastores que estavam reunidos simplesmente orando juntos na casa particular de um outro pastor, cerca de 35 km (8 milhas), fora de Delhi, foram espancados e arrastado para uma delegacia de polícia onde disseram, “Esta é uma nação hindu. Seus tipos de orações não são permitidos “, de acordo com um relatório publicado por Christian Today em 13 de Novembro.

Portal Padom

 

Deixe sua opinião