imagesNo livro de Habacuque nos mostra o relato de uma jornada espiritual, contando sobre a trajetória espiritual de Habacuque, que começa na duvida e termina em adoração,

Tema: Crescendo em meios às crises da vida

Texto: Hc. 1.2: Até quando, Senhor, clamarei por socorro, sem que tu ouças? Até quando gritarei a ti “violência!” sem que tragas salvação?

INTRODUÇÃO: Certa vez Deparei-me com a seguinte frase escrita no vidro de um carro: “Ora que melhora”. Frase simples, curta e objetiva que aponta para um aspecto essencial na nossa caminhada do dia a dia com Deus, onde temos que lidar com questões diversificadas.

Por exemplo, você já se percebeu tendo que administrar situações que fogem ao seu controle e que não dependem exclusivamente do seu querer?
É possível até que num momento ou outro da sua trajetória de vida, você se perceba sem conseguir entender bem o “por que” das coisas ao seu redor.
E o que dizer a respeito de situações que nos cercam e nós não conseguimos entender porque estamos enfrentando aquele problema aquela dificuldade e ficamos meio que perdido sem saber direito qual é o propósito de Deus.

O profeta Habacuque, na sua caminhada com Deus, passa por situações as quais ele não entende. Por exemplo, o “silêncio de Deus”: Até quando, Senhor, pedirei socorro e não ouviras, gritarei a ti: “ violência” e não salvaras. Habacuque experimenta contradições na sua vida que geram angústias, e profundas duvidas no seu coração. Embora Deus não estava calado,era ele que não parava de reclamar.

O livro de Habacuque nos mostra o relato de uma jornada espiritual, contando sobre a trajetória espiritual de Habacuque, que começa na duvida e termina em adoração, nos primeiros quatro versículos, Habacuque é oprimido pela circunstancias que estão ao seu redor ele não consegue pensar em nada. E semelhantemente acontece conosco, quanto enfrentamos situações adversas, começamos a reclamar e murmurar que não conseguimos ouvir Deus falando conosco e até não conseguimos ver Deus agindo em nosso favor, pois na maioria das vezes queremos que tudo se resolva há nossa maneira, mas, precisamos aprender que o Senhor é soberano e jamais deixa um filho dele desamparado.

A palavra de Deus diz em Romanos 8.28. Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.

Contudo, no capítulo 2 do livro de Habacuque, vamos encontrar o profeta esperando uma resposta da parte de Deus para suas queixas. A experiência deste homem de Deus nos ensina algumas lições fundamentais e muito importantes para o nosso crescimento espiritual. Pois este é um dos principais desejos de Deus que a cada dia a cada experiência vivida consigamos crescer um pouco mais.

Hc. 2.1ficarei no meu posto de sentinela e tomarei posição sobre a muralha; aguardarei para ver o que o Senhor me dirá e que resposta terei à minha queixa.

1° lição: Para crescermos em meio às crises da vida temos que ficar quietos para poder ouvir Deus falar.

Hc. 2.1 ficarei no meu posto de sentinela, temos que aprender a ficar quietos para ouvirmos a voz de Deus, enquanto Habacuque, somente reclamava ficava olhando as dificuldades a sua volta ele não conseguia ver saída para o problema que enfrentava, mas, ele logo percebeu e tomou a atitude correta ficarei no meu posto de sentinela, isto significa ficar quieto, ou alguém aqui já viu um vigia ou um guarda estando de serviço em seu posto ficar pulando e gritando para que todos vejam onde ele está, mas ao contrario ele fica o mais quieto possível para não revelar o seu posto.

No livro de Êxodo. 14. 13 não tenham medo e aquietai-vos e vejam o livramento que o senhor vos Dara.

2° lição: para crescermos espiritualmente temos que permanecer firmes e perseverantes.

Hc. 2.1 ficarei no meu posto de sentinela e tomarei posição sobre a muralha.

Quando esperamos uma resposta ou uma intervenção de Deus na nossa vida temos que ser firmes e decididos a alcançar, o nosso objetivo que é obtermos a resposta do Senhor, para o nosso problema, não podemos desanimar, pois o Senhor nunca abandona os seus filhos, lembrem-se das palavras de Jesus Lucas 18. V 7. E Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a Ele de dia e de noite, ainda que tardio para com eles.

Temos que permanecermos firmes diante das dificuldades sempre orando, e aguardando o agir de Deus, nós temos como parte da nossa natureza a impaciência, Habacuque encontra-se em espírito de oração apesar do “silêncio de Deus”; apesar da iniqüidade a sua volta; apesar das coisas não estarem como ele gostaria que estivessem. Ele consegue preservar sua vida de oração apesar de todas as contradições a sua volta ele permanece firme em oração e quieto ele entendeu que a reclamação e a murmuração não o levariam a nada, que dessa forma ele não veria Deus agir. Lembrem-se Lucas 18. V 7. E Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a Ele de dia e de noite, ainda que tardio para com eles.

Vemos que após tomar a decisão de ficar quieto, e ter decidido perseverar ficando firme diante da dificuldade enfrentada, já encontramos sinais de crescimento espiritual. Na trajetória de Habacuque. Aguardarei para ver o que o Senhor me dirá e que resposta terei à minha queixa.

O profeta aprendeu a ter paciência e esperar o agir de Deus.

Hc. 2.1 ficarei no meu posto de sentinela e tomarei posição sobre a muralha; aguardarei para ver o que o Senhor me dirá e que resposta terei à minha queixa.

O que é paciência? Paciência é virtude, que faz suportar os males com resignação. Qualidade daquele que espera com tranqüilidade.

3° lição: em todas as circunstancias da nossa vida Deus tem seus propósitos.

Embora Habacuque fosse um profeta de Deus, uma pessoa que ouvia Deus falar, ele ainda não tinha entendido a mais importantes das lições que Deus queria ensiná-lo e não tinha aprendido ainda era porque ficava olhando o que estava acontecendo a sua volta. Mas, Deus abre os seus olhos e diz para Habacuque.

Habacuque o justo viverá pela sua fé, e semelhantemente acontece conosco esquecemos que é a nossa fé em Deus que nos traz a vitória, que nos faz crescer e nos desesperamos e deixamos de buscar aquele que realmente pode nos ajudar.

E a lição que podemos aprender aqui é: que no nosso crescimento espiritual, alem de paciência, temos que também ter humildade e temor a Deus, depois que Deus mostrou a Habacuque que ele viveria pela sua fé. E qual seria o fim daquele povo que aparentemente iria vencer, Habacuque mostra que havia crescido mais um pouco.

Hc. 3.1 Senhor ouvi falar da tua fama; tremo diante dos teus atos, Senhor. Realiza de novo, em nossa época, as mesmas obras, faze-as conhecidas em nosso tempo; em tua ira, lembra-te da misericórdia.

4° lição: O crescimento espiritual envolve deixar Deus nos mudar antes de mudar as circunstancias a nossa volta.

Até ali naquele momento, Habacuque estava reclamando desanimado, mas, quando ele se colocou na presença de Deus e ouviu a voz de Deus falando a ele você viverá pela sua fé em mim, ele entendeu que Deus estava no comando da sua vida. E se apegou aquela palavra de Deus que tem transformado vidas através dos séculos e permitiu que Deus o mudasse e faz uma das mais belas declarações que nós podemos encontrar na bíblia.

Hc. 3. 16 -19. Ouvi isso, e o meu intimo estremeceu, meus lábios tremeram, os meus ossos desfaleceram, minhas pernas vacilavam. Tranqüilo esperarei o dia da desgraça que virá sobre o povo que nos ataca.

Mesmo não florescendo a figueira, e não havendo uvas na videira, mesmo falhando a safra de azeitonas, não havendo produção de alimento nas lavouras, nem ovelhas no curral nem bois nos estábulos.

Ainda assim eu exultarei no Senhor e me alegrarei no Deus da minha salvação.

O Senhor, o soberano, é a minha força ele faz os meu pés como os da corça e me faz andar em lugares altos.

Habacuque que estava reclamando pelo o que acontecia a sua volta é transformado e agora pelo o que ouviu de Deus faz uma das maiores declaração de fé e confiança que podemos encontrar na bíblia. E demonstra um crescimento espiritual, pois só via problemas sem solução, agora ele passa a ver solução em meio a tantos problemas. Mesmo não florescendo a figueira, e não havendo uvas na videira, mesmo falhando a safra de azeitonas, não havendo produção de alimento nas lavouras, nem ovelhas no curral nem bois nos estábulos. Ainda assim eu exultarei no Senhor e me alegrarei no Deus da minha salvação.

Habacuque que só via problemas sem solução agora declara que ele vai passar por cima dos problemas O Senhor, o soberano, é a minha força ele faz os meu pés como os da corça e me faz andar em lugares altos.

José Rabelo é Pr. da Igreja Evangélica Batista Shekinah de Borborema

Formado. No curso médio em Teologia Pelo STBN.

Seminário Teológico Batista Nacional ( Campus de Ibitinga SP )

Contato. (16) 3266- 3310 ou 97691605

Msn. [email protected]

 Mensagem Pregada No Retiro de Jovens da 1° Igreja Batista de Novo Horizonte

Novo Horizonte 13/10/2007

Deixe sua opinião