A Itália é o país europeu mais atingido pela pandemia do coronavírus COVID-19, com 63.927 casos confirmados e 6.077 mortes como os números mais recentes. O país está em confinamento total desde o início de março.

Entre os mortos recentemente está o frei Don Giuseppe Berardelli, padre de 72 anos da paróquia de Casnigo, uma pequena vila a nordeste de Milão. 

Berardelli havia contraído coronavírus e foi hospitalizado em Lovere, Bergamo, uma das áreas mais atingidas do país. Dada a escassez de suprimentos médicos, os paroquianos de Berardelli reuniram seus recursos e compraram um respirador para ele. Mas Berardelli recusou o presente, dando-o a um paciente mais jovem que ele não conhecia.

Um site de notícias italiano citou um profissional de saúde local que disse que o padre “ouvia todos, ele sabia ouvir, quem quer que se voltasse para ele sabia que poderia contar com sua ajuda”.

Clara Poli, prefeita de Fiorana, lembrou Berardelli como uma alma alegre e generosa. “Lembro-me dele em sua velha moto Guzzi, ele amava sua moto e, quando era visto passando, estava sempre alegre e cheio de entusiasmo, deu paz e alegria às nossas comunidades”, disse ela à imprensa local.

Deixe sua opinião

WhatsApp
Entre e receba as notícias e artigos do dia