A Rússia iniciou a Copa do Mundo na quinta-feira, o começo de um mês de espetáculo em que milhões de fãs assistem às melhores equipes de futebol do mundo.

Para muitos cristãos, este não é apenas um evento esportivo, é uma oportunidade de espalhar o evangelho em um país que se tornou cada vez mais hostil ao evangelismo.

Milhares de congregações em Moscou, São Petersburgo e outras cidades estão contornando as leis anti-evangelismo da Rússia, convidando as pessoas a assistirem os jogos ao vivo em suas igrejas.

Lá, as pessoas vão assistir aos jogos em uma tela grande, comer lanches e encontrar a palavra de Deus.

Como os ingressos para a maioria dos jogos populares estão esgotados, a organização é vantajosa tanto para as igrejas quanto para os espectadores.

As igrejas fizeram uma parceria com a Missão Eurásia para distribuir Bíblias, materiais de discipulado e convites para estudos bíblicos.

“A Missão Eurasia está capitalizando na mobilização e treinamento, equipando a próxima geração de líderes em todos os países da antiga União Soviética”, disse o presidente da missão Eurasia, Sergey Rakhuba, à CBN News. “Mas, especialmente, focando nesta oportunidade sem precedentes que os jogos da Copa do Mundo representam.”

“Queremos que esses jovens líderes que treinamos tenham tanta energia, sejam cheios de entusiasmo, compartilhando sua fé, compartilhando as Escrituras com as pessoas da comunidade”, continuou ele.

Rakhuba acredita que 3 milhões de fãs de futebol ouvirão o evangelho, apesar da repressão do governo ao evangelismo.

“Eles não permitem que crentes de fora de suas igrejas compartilhem sua fé”, explicou Rakhuba. “É por isso que esta estratégia em torno dos jogos da Copa do Mundo está envolvida para que as pessoas sejam convidadas para suas igrejas oficialmente registradas, onde terão seus eventos, onde poderão participar e onde poderemos compartilhar Evangelho com eles “.

Portal Padom

Deixe sua opinião