As últimas palavras de Jesus, de acordo com o livro de Atos, foram: “mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas  tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra. “(Atos 1:8)

As últimas palavras são muito importantes. E os de Jesus estavam prestes a acontecer – que os discípulos seriam “revestidos de poder do alto” (Lucas 24: 49b) e que esse era um dom “prometido” pelo Pai.

Qual foi o objetivo desse dom? Era para “permitir que as pessoas testemunhassem e vivessem uma vida santa“. (de O poder do espírito de William Law, editado por Dave Hunt, 1971)

Ter o Espírito Santo em nós nos permite viver uma vida que se parece com Jesus. Não podemos fazer isso sem ele. Isso significa tanto que nos é dada a capacidade de viver de maneira santa, mas também de representar ousadamente Jesus no mundo. Isso significa que seremos capazes de amar como ele. Nossas palavras sobre Jesus virão prontamente pelo Espírito operando em nós. Nossa capacidade de ministrar cura e liberdade a outros é possibilitada pelo Espírito Santo.

Nós não temos esperança sem Ele! Se formos sozinhos, nossas obras são apenas nossas – coisas feitas na fraqueza humana. Mas com o Espírito – ah! – cuidado!

E a boa notícia é que muitas vezes o Espírito Santo nos vence quando menos esperamos dEle, às vezes através de um evento de cura em nossa vida ou de alguém próximo a nós. Graças a Deus pela graça! 

por: Pam Morrison

traduzido e adaptado por: Pb. Thiago D.F. Lima

Deixe sua opinião

WhatsApp
Entre e receba as notícias e artigos do dia