27_MHB_alemao
RIO – O comandante da Polícia Militar, coronel Mário Sérgio Duarte, deu um ultimato aos traficantes do Complexo do Alemão para que se entreguem e baixem as armas. O relações-públicas da Polícia Militar, coronel Lima Castro, informou em entrevista ao RJTV neste sábado que a PM criou uma estrutura na Rua Joaquim Queiroz, no Complexo do Alemão, para que os traficantes se entreguem.

– Já existe um esquema para que essas pessoas se entreguem. É uma oportunidade que a gente está dando – disse Lima Castro.

De acordo com ele, a rendição será feita da maneira como foi determinada pelo comandante-geral da PM, Mário Sérgio Duarte. Em caso de rendição, os traficantes chegarão com os fuzis sobre a cabeça, entregarão as armas e serão revistados. A Rua Joaquim Queiroz fica próximo à Estrada do Itararé.

Por volta do meio-dia deste sábado, o coordenador da ONG Afroreggae, José Júnior, chegou ao Complexo do Alemão com mais cinco pessoas, sem dizer o que foi fazer no local. Há informações ainda não confirmadas de que ele teria ido ao morro negociar a rendição de traficantes. José Júnior subiu o Alemão sem o acompanhamento de policiais.

De acordo com o comandante da PM, coronel Mário Sérgio Duarte, a polícia não voltará atrás na operação e tem equipamentos suficientes para entrar no Complexo do Alemão para tomar o território. Mário Sérgio alertou os moradores da área: pediu que eles não saiam de casa e procurem se abrigar no momento em que a polícia entrar na comunidade.

– A população de bem, nós queremos protegê-los, sem causar danos. Pedimos para a população se manter abrigada e não sair nas ruas. Quem transitar nas ruas e vielas vai ficar sob o risco de fogo – disse o comandante.

De acordo com o balanço divulgado pela PM, desde o início da semana, 74 pessoas foram presas, 123 detidas e 35 mortas. Foram apreendidos 46 revólveres e 11 fuzis.

OGlobo / Portal Padom

Deixe sua opinião