O pastor disse que está orando por aqueles que têm o vírus, para que não percam a vida.

Um pastor da região de Atlanta, na Geórgia, sobreviveu a um longo período com coronavírus e credita sua fé em Deus pela recuperação.

O pastor Robert Burt, que dirige a Igreja Batista de Danielsville, está agradecido por estar vivo depois de combater o vírus mortal por várias semanas. Sua esposa, Joy, diz que as coisas não pareciam tão promissoras às vezes. “Ele estava tão perto da morte, inacreditavelmente perto da morte”, disse ela. “Mas eu me recusei a acreditar nisso porque sei que meu Deus é o melhor curador e que ele iria curar Robert.”

O pastor Burt não tem seguro de saúde, então um GoFundMe foi iniciado para ajudar com as contas médicas. Excedeu a meta de US $ 2.000. A família agradeceu a todos que oraram e doaram. “Deus abençoe a todos e obrigado do fundo de nossos corações.”

Ninguém em sua igreja acabou recebendo o vírus, o que foi um grande alívio para Burt.

Em 19 de março, Burt foi levado às pressas para o hospital. Ele credita a Jesus sua recuperação. “Eu sei que sem Jesus Cristo curando e tocando meu corpo e me dando o que eu precisava, eu não teria sobrevivido”, disse Burt, segundo o Main Street News .

Confuso e desorientado, o pastor passou semanas no hospital antes de perceber completamente onde estava e o que estava acontecendo. Incrivelmente, os médicos disseram que ele estava em tão mau estado que ele só tinha uma chance de 1% de sobreviver.

Obviamente, quando a Geórgia se encontra no centro das notícias nacionais depois que o governador se mudou para a reabertura de partes do estado, o pastor está entre os que estão levando o vírus a sério.

“Precisamos encará-lo como um vírus muito sério”, disse Burt. “Oro todos os dias agora, para que as pessoas que têm essa coisa não percam a vida.”

Deixe sua opinião

WhatsApp
Entre e receba as notícias e artigos do dia