Uma menina de quatro anos de idade foi levada a um hospital paquistanês em Vehari, na quinta-feira, depois de ser abusada sexualmente supostamente por um clérigo islâmico durante seu primeiro dia em um seminário local.

estuprado-menina-clérigo-muçulmanoSegundo os médicos que tratam da menina estuprada em uma escola do Corão, indicam que a pequena se encontra em um estado crítico, informaram ao jornal paquistanês “The Express Tribune”. O suspeito pelo crime foi preso, pela polícia local.

O pai da menina, que mora em Nawan Shehr, disse que era o primeiro dia de estudo do Corão em uma madrassa local e o clérigo principal lhe havia pedido para deixa-la em seu escritório para apresenta-la para outras crianças.

Quando foi busca-la ao meio-dia, disseram que sua filha estava no escritório do chefe do clérigo. O escritório estava fechado e não havia ninguém la dentro, mas ao entrar no quarto encontrou sua filha deitada e sem consciência. A menina foi internada no hospital local onde os médicos confirmaram que havia sido estuprada e sendo necessário realizar uma intervenção cirúrgica.

O distrito policial Sadiq Ali Dogar disse que o suspeito foi preso em outro seminário, onde ele estava escondido. No momento o clérigo foi levado para um lugar que não foi divulgado por causa das ameaças dos vizinhos.

Aparentemente outros dois clérigos da madrassa também desapareceram após o incidente.

Os moradores da região fizeram uma manifestação de protesto e anunciou um boicote de todos os seminários.  – rt

Portal Padom

Deixe sua opinião