Cientistas revelam detalhes do espancamento de Jesus Cristo

0
371

Noticias gospel Especialistas da Universidade de Brescia, na Itália, através de estudos científicos, puderam descrever detalhes do espancamento de Jesus Cristo antes de sua morte na cruz.

Segundo o portal Yahoo!, a equipe multidisciplinar de pesquisadores fez um estudo cefalométrico sobre o Sudário de Turim. O tecido teria sido utilizado para cobrir o corpo de Jesus após sua morte e, por isso, é a peça-chave para revelar esse tipo de detalhe. Os estudos partiram de uma fotografia de 1931.

A reportagem afirma que o maior detalhe encontrado pelos cientistas foi a revelação da presença de uma luxação da articulação temporomandibular. A lesão teria sido provocada por golpes dados no rosto de Jesus pelas pessoas que o transportaram até o local onde foi crucificado e, posteriormente, morreu.

Com isso os cientistas concluíram preliminarmente que as pessoas que participaram do espancamento de Jesus focaram principalmente em seu rosto na hora de golpeá-lo. Ainda segundo o estudo, a luxação encontrada é uma fratura no osso da mandíbula que tem como principal causa a agressão física.

O Sudário de Turim, embora não tenha uma confirmação exata que foi realmente utilizado para cobrir o corpo de Jesus Cristo, após ter sido espancando, crucificado e morto, continua sendo a principal peça de estudo sobre a morte do filho de Deus.

Portal Padom

Deixe sua opinião