JUNTE-SE AO NOSSO GRUPO no Telegram ou WhatsApp. Oferecemos o que há de mais relevante em notícias e conteúdo cristão 🤗

Cientistas da Universidade de Yale (Estados Unidos) identificaram que o córtex parietal do cérebro humano poderia ser responsável pelo processamento das chamadas “experiências espirituais” que muitas pessoas afirmam ter ao longo de suas vidas.

Para desenvolver seu trabalho, esses especialistas pediram a 27 jovens saudáveis ??que lembrassem em detalhes um episódio de suas vidas em que sentiam “uma forte conexão com um poder superior ou uma presença espiritual “. Uma semana depois, os mesmos voluntários foram submetidos a exames cerebrais com ressonância magnética funcional para registrar sua atividade neural enquanto ouviam uma voz feminina lendo a história que haviam descrito na primeira ocasião.

Onde o cérebro processa experiências espirituais

Os resultados mostraram que os participantes exibiram padrões de atividade semelhantes em torno do lobo parietal inferior esquerdo, uma área geralmente envolvida na autoconsciência e outros. Com menor intensidade, a atividade também foi registrada no tálamo, uma região do cérebro relacionada ao processamento sensorial e emocional.

Em qualquer caso, os responsáveis ??pela pesquisa reconhecem uma das principais limitações deste estudo: eles tinham apenas um pequeno grupo de jovens participantes com origens e características muito semelhantes. Portanto, suas experiências espirituais – assim como a gama de sensações que produzem e o modo como as processam – não podem ser consideradas representativas de uma suposta espiritualidade universal.

Um dos autores do estudo, o neurocientista Marc Potenza, enfatizou que “a compreensão das bases neurais das experiências espirituais pode nos ajudar a entender melhor sua contribuição para a recuperação da saúde mental e a cura dos transtornos aditivos “.

 Portal Padom

Deixe sua opinião

JUNTE-SE AO NOSSO GRUPO no Telegram ou WhatsApp. Oferecemos o que há de mais relevante em notícias e conteúdo cristão 🤗