casamento comunitario itatibaiaA Prefeitura de Itatiba preparou o grande evento com cerca de 2 mil pessoas. Noivos, padrinhos e convidados tiveram direito a bolo, decoração e marcha nupcial
O sonho do matrimônio foi concretizado no último sábado, 11 de julho, para os 78 casais que participaram do ‘Casamento Comunitário’ no Parque Luis Latorre, realizado pela Prefeitura de Itatiba, por meio da Secretaria de Ação Social e do Fundo Social de Solidariedade, em parceria com o Cartório de Registro Civil das Pessoas Naturais de Itatiba. A cerimônia emocionou casais, padrinhos e convidados com a união civil e religiosa católica e evangélica.Ao todo foram feitos 34 casamentos somente no civil, 30 casamentos no civil e religioso católico; 12 no civil e religioso evangélico; e dois somente no religioso católico. Padres de seis paróquias e mais dois pastores da Igreja Evangélica participaram da cerimônia.

A Prefeitura de Itatiba preparou um grande evento para os noivos do Casamento Comunitário, com direito a bolo, marcha nupcial, decoração especial e lembrança de casamento: uma foto emoldurada que foi feita e entregue no dia. Além disso, vários brindes foram sorteados entre os noivos participantes. Para a cerimônia, os casais participaram de ensaios e um curso preparatório.

OPORTUNIDADE
Para grande parte dos casais, o Casamento Comunitário foi a grande oportunidade de legalizar a união, ou mesmo de realizar um sonho antigo. Entre os noivos havia casais que já estavam juntos há anos, mas que, por falta de recursos e outros motivos, não se casaram antes. Foi o caso de Rosana Moisés Gonçalves Silva, 33, que já vivia há quatro anos com Valdemir Alexandre Silva. “Casar e me vestir de noiva era um sonho. Não tive essa oportunidade antes porque faltou dinheiro para isso. Então, hoje estou realizando um sonho, graças à Prefeitura. E estou muito feliz”.
Maria do Carmo Francisca do Nascimento, 51, e Severino José do Nascimento, 53, moravam juntos há 38 anos, mas não eram casados. “Hoje foi a oportunidade de realizar um sonho, principalmente o meu. Sempre quis casar com vestido de noiva. Toda a minha família veio assistir ao casamento: filhos, netos e sobrinhos”, conta Maria do Carmo. “Esse evento foi bárbaro. A Prefeitura não imagina a felicidade que proporcionou a tantos casais. O prefeito João Fattori está de parabéns. Espero que no próximo ano seja realizado mais uma vez o casamento comunitário”.
Maria Madalena Pereira, 52, casou-se com Jorge Manuel de Souza, 52, com quem já vivia há um ano. Ela já foi casada por 13 anos e ficou viúva. Depois teve um relacionamento de nove anos com o pai de seus três filhos, e se separou há 13 anos. “Há um ano conheci Jorge, e sei que gosto dele de verdade. É uma pessoa maravilhosa, especial em tudo. Meus padrinhos foram meu filho e minha nora. Eles ficaram muito emocionados, e eu estou muito feliz”.
Fotos: Edson Godoy Jr. / PMI/padom

Deixe sua opinião