image

No início desta semana, um homem com duas mulheres registraram em cartório uma União Estável entre os três.

O registro foi feito no Tabelião de Notas de Tupã, interior de São Paulo, sendo a escritura publicada nesta quarta-feira, (22), no Diário Oficial.

O tabelião Richard Granieri, explicou que o trio fizeram uma escritura pública de União Poliafetiva, a fim de garantir direitos iguais entre os cônjuges.

– Declaração de união estável não é igual casamento, por isso é possível. Se formos fazer uma analogia, esta união é semelhante a feita pelos casais homossexuais – explicou o tabelião.

O trio que não tiveram seus nomes divulgados, moram no Rio de Janeiro, vieram ao interior paulista por não ter conseguido o registro de União Civil em outros cartório inclusive no Rio.

– Eles moram juntos há muitos anos e tentavam, de uma forma legal, regularizar a situação. O feitio da lavratura de uma união estável pública é uma garantia jurídica dos partícipes desta união – ressaltou.

“Isso é consequência do incentivo que a mídia tem dado a este tipo de união…sempre em desacordo com a Palavra de Deus” , diz o diácono Thiago Dearo da Assembléia de Deus.

O diácono acredita que vai aparecer mais casos igual a esse devido o apoio das novelas, principalmente da novela Avenida Brasil da Rede Globo.

Portal Padom

Com informações Extra

Deixe sua opinião